Análise: Clássico-Rei histórico reflete crescimento sólido do futebol cearense nos últimos anos

Ceará ou Fortaleza: um dos dois estará na final da Copa do Nordeste

classico
Legenda: Ceará e Fortaleza são representantes do Estado na Série A do Brasileiro
Foto: Felipe Santos/Cearasc.com

Já está certo e ninguém pode mudar: a final da Copa do Nordeste terá um representante cearense. O Ceará passou pelo Vitória-BA, com triunfo por 1 a 0, e o Fortaleza eliminou o Sport-PE, após vitória nos pênaltis. De forma inédita, haverá Clássico-Rei na semifinal do Nordestão. O confronto é histórico e simbólico. Não é pra menos, considerando que reflete o crescimento sólido do futebol cearense nos últimos anos.

A ascendente não é de agora. É fruto, sobretudo, do trabalho contínuo e robusto realizado nos últimos anos pelos dois clubes. Gestões de responsabilidade, cautela, solidez e que priorizam o trabalho sério.

O Ceará vai para a terceira temporada consecutiva na Série A do Campeonato Brasileiro, enquanto o Fortaleza vai para a segunda.

Há alguns anos, por exemplo, os cearenses dificilmente eram favoritos em confrontos contra pernambucanos/baianos. Hoje, exercem superioridade contra clubes que, historicamente, sempre foram protagonistas.

O futebol cearense vive bom momento. É preciso valorizar.

O Clássico-Rei histórico é reflexo disso.

É um jogo que o futebol cearense esperava - e merecia - há algum tempo.

Em campo, é difícil apontar favorito. Particularmente, não consigo definir. Resta esperar o duelo.

Que vença quem merecer mais.