Fortaleza segue em busca de um zagueiro para reforçar elenco, mas monitora opções dos Aspirantes

A diretoria tricolor trabalha nos bastidores para a contratação de mais um reforço

Comissão técnica do Fortaleza acompanha treino do elenco
Legenda: A comissão técnica do Fortaleza acredita no potencial dos jogadores do elenco
Foto: Leonardo Moreira / FEC

O Fortaleza anunciou 13 reforços para a temporada de 2021, mas segue no mercado em busca de mais uma peça: um zagueiro para acrescentar ao elenco. No momento, o clube monitora opções e tenta contratar um nome até o dia 24 de setembro, quando encerram as inscrições na Série A.

Ao longo do fechamento da janela internacional, a cúpula tricolor avançou em negociação com um jogador que atuava no exterior e tinha contrato encerrado em dezembro, mas a referida equipe não aceitou a liberação antecipada. Assim, o cenário nacional e atletas sem vínculo são as preferências.

REFORÇOS DO FORTALEZA PARA A TEMPORADA DE 2021

  • ZAG | Benevenuto (T) - emprestado pelo Botafogo até o fim de 2021
  • ZAG | Titi (T) - contrato até o fim de 2022
  • LAD | Yago Pikachu (T) - contrato até o fim de 2022
  • LAD | Daniel Guedes - emprestado pelo Santos até o fim de 2021
  • VOL | Matheus Jussa - emprestado pelo Oeste/SP até o fim de 2021
  • VOL | Blanco -  emprestado pelo Atlético-MG até o fim de 2021
  • VOL | Éderson (T) - emprestado pelo Corinthians até o fim de 2021
  • MEI | Lucas Lima - emprestado pelo Palmeiras até o fim de 2021
  • MEI | Lucas Crispim (T) - contrato até o fim de 2022
  • ATA | Edinho - contrato até o fim de 2024
  • ATA | Valetín Depietri - contrato até julho de 2024
  • ATA | Robson (T) - contrato até o fim de 2023
  • ATA | Ángelo Henríquez - contrato até o fim de 2022

A dificuldade na operação é encontrar um defensor que possa se adequar às características do padrão tático tricolor, no esquema 3-5-2, e com nível técnico para brigar pela titularidade. O trio titular é formado por Marcelo Benevenuto, Titi e o lateral Tinga, que foi recuado para a função.

O setor é tratado como um pilar no padrão tricolor, com a missão de alinhar a solidez defensiva (necessária para sustentar o placar) e a construção das jogadas desde os defensores (em processo de transição rápida ou em momentos de organização ofensiva).

Alternativa do elenco

Com as opções limitadas, o departamento de futebol trabalha com cautela na escolha. A comissão técnica também acredita no potencial dos jogadores à disposição, apesar da necessidade de reposição desde a saída do zagueiro colombiano Quintero - emprestado ao Juventude.

No elenco, além do trio principal, Vojvoda utilizou o zagueiro Jackson e o volante Jussa no setor. O lateral Bruno Melo fez a função em temporadas anteriores e pode ser uma alternativa.

João Paulo com semblante sério durante jogo do Fortaleza
Legenda: João Paulo é o capitão do time de Aspirantes do Fortaleza e um dos destaques do elenco
Foto: Karim Georges / FEC

Fora dos listados, o clube acredita no potencial de evolução das peças disponíveis no Brasileiro de Aspirantes. Líder na 2ª fase da competição, o Leão tem os zagueiros João Paulo, Vinicius e Habraão avaliados de modo positivo internamente.