Éderson cresce no Fortaleza e se torna pilar no meio-campo; veja minutagem dos volantes

O volante tem contrato de empréstimo até o fim da temporada junto ao Corinthians

Éderson com semblante sério em treino do Fortaleza
Legenda: Éderson se tornou titular absoluto do Fortaleza em 2021
Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza

O Fortaleza iniciou um processo de definição tática em 2021, com manutenção das ideias de jogo. Assim, o coletivo é o principal ponto do técnico Juan Pablo Vojvoda. No entanto, dentre as opções do elenco, uma peça cresceu e foi titular absoluta no meio-campo: o volante Éderson.

Com 21 anos, o atleta é o único do setor com titularidade nos últimos quatros jogos sem sequer ser substituído, ou seja, atuou nos 90 minutos. No período, esteve em campo contra o Ceará, duas vezes, além de Atlético-MG e Atlético-CE.

Meio-campo do Fortaleza nos últimos jogos

  • Fortaleza 1x1 Ceará [3-5-2] | Éderson, Jussa, Luiz Henrique (Crispim), Pikachu e Matheus Vargas (Felipe).
  • Atlético-MG 1x2 Fortaleza [3-5-2] | Éderson, Felipe (Jussa), Daniel Guedes (Pikachu), Crispim (Bruno Melo) e Matheus Vargas.
  • Fortaleza 0x0 Ceará [4-3-3] | Éderson, Felipe (Jussa) e Matheus Vargas (Daniel Guedes).
  • Fortaleza 6x0 Atlético-CE [3-4-3] | Éderson, Pikachu (Bruno Melo), Crispim (Ronald) e Matheus Vargas (Luiz Henrique).

A presença de Éderson surge como ponto de equilíbrio no esquema, seja no uso do 4-2-3-1 ou 3-5-2. Nos dois panoramas, o volante fica à frente do sistema defensivo e tem as valências de marcação como os principais atributos, além de contribuir na saída de bola. 

Por conta do vigor físico e do posicionamento, permite que o Fortaleza realize investidas com muitos jogadores, tendo em vista que ocupa faixa central fixa no meio-campo. Quando atua com outro volante de origem, permite maior liberdade ao companheiro.

Legenda: O técnico argentino Vojvoda tem montado um Fortaleza com variações táticas
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Assim, a característica fortalece a defesa e ajuda o ataque no “equilíbrio” buscado por Vojvoda. O perfil difere das últimas temporadas tricolores, quando Juninho e Felipe formaram dupla com maior refino técnico na armação e menos consistência na marcação. Um detalhe: Éderson também mostrou poder de finalização de longa distância e soma dois gols em 2021.

Vale ressaltar que precisou vencer uma grande concorrência na posição. Contratado por empréstimo junto ao Corinthians até o fim de 2021, chegou com status de promessa com potencial e acumulou boas exibições, inclusive sob comando de Enderson Moreira.

Ranking de minutos jogados dentre os volantes

  • 1.458 - Éderson | 18 jogos e 2 gols
  • 1.166 - Jussa | 15 jogos e 1 gol
  • 574 - Felipe | 12 jogos
  • 494 - Pablo | 7 jogos
  • 259 - Blanco | 6 jogos
  • 204 - Ronald | 6 jogos e 1 gol