Champions: Manchester City x Real Madrid é o sonho da taça inédita contra a busca pelo 14º título

As equipes se enfrentam nesta terça-feira (26), pela semifinal da competição

Montagem com fotos de Benzema e De Bruyne
Legenda: O francês Benzema, no Real Madrid, e o belga De Bruyne, do Manchester City, são as estrelas do confronto
Foto: AFP

A Champions League 2021-2022 inicia a disputa das semifinais nesta terça (26), com Manchester City x Real Madrid, às 16h, no Etihad Stadium, na Inglaterra. E o confronto expõe o peso da tradição espanhola (de 13 taças) contra o sonho (cada vez mais próximo) do milionário inglês.

Os elementos da partida estão postos, de fato. São os líderes dos referidas competições nacionais, com os técnicos multicampeões, como Guardiola e Ancelotti, além dos craques Kevin De Bruyne e Karim Benzema. Tudo entra no rol do espetáculo, de fazer da partida algo memorável antes mesmo da bola rolar.

O que não inibe o peso da história. Maior campeão europeu, o Real persegue mais um título para a galeria cheia. Na Champions, inclusive, se transforma a cada ano. A atual temporada é um exemplo: virada contra o Paris Saint-Germain (PSG) nas quartas e gol nos acréscimos frente ao Chelsea.

Maiores vencedores da Champions:

  • Real Madrid: 13
  • Milan: 7
  • Bayern de Munique: 6
  • Liverpool: 6
  • Barcelona: 5

Cristiano Ronaldo comemora título pelo Real Madrid
Legenda: Cristiano Ronaldo foi multicampeão pelo Real Madrid na Champions League
Foto: divulgação

O time de Vini Júnior, Rodrygo, Casemiro e Éder Militão cresce na decisão. De fato, é gigante.

O contraponto que o City nunca conseguiu. Em 2020-2021, chegou na finalíssima pela primeira vez e perdeu para o Chelsea: a frustração. As estrelas também estão lá, mas o brilho coletivo se sobrepõe. Antes da semi, sofreu diante do Atlético de Madrid, mas houve mérito e hegemonia no torneio.

Maiores investimentos do futebol mundial nos últimos 10 anos:

  • Manchester City: 1,699 bilhão de euros
  • Barcelona: 1,630 bilhão de euros
  • Chelsea: 1,614 bilhão de euros
  • Manchester United: 1,545 bilhão de euros
  • Juventus: 1,542 bilhão de euros

Gabriel Jesus comemora gol pelo Manchester City
Legenda: O brasileiro Gabriel Jesus é uma das opções ofensivas do Manchester City
Foto: divulgação

O brilhante Guardiola conduziu o clube a 10 títulos. A maior ambição sempre foi a Champions.

Independente do resultado, um novo capítulo acontece na próxima quarta (4), no Santiago Bernabéu, às 16h, pelo jogo de volta. O investimento contra a camisa pesada. Ao vencedor, o novo rumo. A final será no dia 28 de maio, no Stade de France, na França. Assim, há tempo para as respostas.

A última vez que o Real Madrid venceu a Champions foi em 2017-2018, com o atacante português Cristiano Ronaldo. Desde a saída de CR7, nunca mais chegou sequer na final. Já o Manchester City espera o retorno de todos os gastos, em um projeto iniciado por Guardiola ainda em 2016.

Prováveis escalações

  • Manchester City: Ederson; Walker, Rúben Dias, Laporte e Zinchenko; De Bruyne, Rodri e Bernardo Silva; Mahrez, Foden e Sterling. Em dúvida: Walker (tornozelo), Stones (problema muscular).
  • Real Madrid: Courtois; Carvajal, Éder Militão, Alaba e Mendy; Modrić, Camavinga e Kroos; Valverde, Benzema, Vini Jr. Em dúvida: Alaba (adutor), Casemiro (coxa).