Fortaleza tem primeira reunião para definir 2020

Parte do processo, Rogério Ceni faz avaliação do elenco

Fortaleza
Técnico discutiu pautas entre montagem do elenco e reestruturação do CT Foto: JL Rosa / SVM

Rogério Ceni está trabalhando no planejamento do Fortaleza para 2020. A primeira reunião de parte da diretoria tricolor ocorreu nesta terça-feira (19) para traçar metas e avaliar o trabalho desenvolvido ao longo da temporada.

A pauta do encontro envolveu avaliação do elenco, calendário de competições, análise dos atletas emprestados ao clube, além de apontamentos sobre a estrutura do CT Ribamar Bezerra, em Maracanaú. A expectativa é que o espaço seja reformado ao término da Série A do Campeonato Brasileiro, quando o elenco principal for remanejado ao Centro de Excelência desenvolvido no Estádio Alcides Santos, no Pici.

A reestruturação do Centro de Treinamento envolverá um investimento de R$ 500 mil e também foi solicitado por Ceni. Vale ressaltar, no entanto, que participar do trabalho de gestão não significa a permanência do técnico, mas a continuidade do planejamento.

O Fortaleza tem a reestrutura interna como prioridade, ampliando os equipamentos e o aparato destinado aos atletas e comissão técnica - assim como foi vislumbrado ao visitar os CTs de equipes como São Paulo e Athletico-PR. É fato que incluir Ceni nas decisões de gestão surge como um apelo a mais na continuidade, para além do desejo da torcida.

O técnico chegou ao Pici há dois anos e cravou o nome na história do clube, se consolidando como o maior treinador tricolor de todos os tempos. Assim trouxe reconhecimento, profissionalismo, títulos e logo se tornou ídolo em uma construção somada à gestão do presidente Marcelo Paz e da diretoria.

A manutenção seria um grandioso passo para a próxima temporada. Todavia, como Ceni disse, o Fortaleza já caminha com as "próprias pernas". A história é do Leão, centenário, que briga para alcançar uma vaga na Sul-Americana e seguir o ineditismo. Antes disso é preciso se garantir na elite do ano que vem.