Fortaleza pode garantir matematicamente permanência na Série A na próxima rodada; veja cenários

Time de Rogério Ceni encara o Santos na quinta-feira (28), às 20 horas, na Arena Castelão

Fortaleza
Na tabela, o Fortaleza está em 12º na tabela, com 43 pontos Foto: Thiago Gadelha / SVM

O Fortaleza está a um passo de se garantir na Série A do Brasileiro de 2020 e coroar a campanha histórica. Em 12º na tabela, com 43 pontos, a permanência pode ser selada na próxima rodada, 35ª, quando o Leão enfrenta o Santos na quinta-feira (28), às 20 horas, na Arena Castelão.

Restando quatro partidas para o fechamento da competição, o time de Rogério Ceni pode alcançar a marca de 46 pontos em caso de triunfo. Número em que nenhum clube foi rebaixado na história desde 2006, quando o Brasileirão passou a ter 20 participantes.

Cenário único

1 - Fortaleza vencer o Santos

+

2 - Cruzeiro não vencer o CSA

No entanto, além do dever de casa, o time tricolor depende de um resultado para se sacramentar matematicamente. O duelo em questão ocorre no mesmo dia, mas às 21h30, no Mineirão. Trata-se de Cruzeiro e CSA, justamente o 17º (36) e o 18ª (29), respectivamente. [/citacao]

O cenário então requer uma vitória do Fortaleza e empate ou derrota para o time mineiro. Assim, mesmo que o Leão seja derrotado em todas os jogos restantes e os demais rivais da parte de baixo da tabela ganhem os duelos - Atlético-MG, Botafogo, Fluminense, Ceará, Cruzeiro e CSA - o representante cearense terminaria em 16º, com 46, escapando do Z-4.

Assim, o Brasileirão ao término da 38ª rodada seria: 12º Ceará (49), 13º Botafogo (48), 14º Atlético-MG (47), 15º Bahia (47), 16º Fortaleza (46), 17º Cruzeiro (46), 18º CSA (39), 19º Chapecoense e 20º Avaí (27).

Vale ressaltar que a análise se baseia no cenário mais adverso possível ao time leonino, consequentemente o melhor para o Alvinegro de Porangabuçu. O fato é que o Fortaleza tem a oportunidade de deixar 2019 com os títulos do Campeonato Cearense, da Copa do Nordeste e com uma vaga inédita para a Sul-Americana, sendo a 1ª vez o clube disputaria um torneio internacional.

Em tempo: os confrontos diretos que surgiram até o fim da competição terminaram Chapecoense 0x1 Botafogo, Avaí 0x1 Fluminense e Chapecoense 0x1 CSA.