Robinson de Castro confirma chegada de testes canadenses para Covid-19 e EPIs

Material será importante para retomada dos treinamentos no clube

Legenda: Robinson de Castro atuava também na contratação dos novos jogadores do Ceará
Foto: Foto: Rodrigo Gadelha / SVM

O Ceará concluiu uma fase importante da preparação do time para retomada dos treinamentos, ainda sem prazo definido para ocorrer. Chegaram em Fortaleza, via aérea, uma série de itens que o clube comprou para lastrear o protocolo de cuidados sanitários para volta das atividades do futebol profissional. No material, constam vários itens, entre testes do Canadá para Covid-19, insumos, EPIs

O presidente Robinson de Castro confirmou a chegada do material, detalhou a compra e ainda deixou claro que mais investimentos serão realizados. Este é apenas o primeiro momento. No total, foram gastos R$ 60 mil.

Nesse primeiro momento R$ 60 mil entre testes, insumos, EPIs e Consultoria de higienização, aquisição de equipamentos e instalações. Noutra etapa terá mais gastos", explicou.

O investimento será destinado para o futebol profissional, principal fonte de receitas do clube. Assim como o Fortaleza, o Alvinegro estuda, junto ao grupo de trabalho do Governo do Estado, a volta das atividades presenciais na primeira fase do plano de retomada econômica do Estado, que pode ocorrer no mês de junho.

*Errata: Por um ruído de comunicação, em primeiro momento, a coluna informou que um total de 60 mil itens teriam sido adquiridos, mas, na verdade, o contigente correspondia a R$ 60 mil gastos