VGV de imóveis em alta para 2022

Vitor Frota é diretor presidente da Dasart Engenharia
Legenda: Vitor Frota é diretor presidente da Dasart Engenharia

Enquanto, no cenário nacional, os números mais recentes do setor da construção civil apontam para uma desaceleração acentuada no crescimento verificado nos três primeiros trimestres de 2021, no Ceará, as perspectivas para 2022 continuam sendo de ritmo sustentado de novos lançamentos e, principalmente, crescimento significativo de 25% no valor geral de venda (VGV) desses imóveis.

Dados do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Ceará, apontam que em 2021 os imóveis de médio e alto padrão lançados representaram um VGV de aproximadamente R$ 2 bilhões e que em 2022 esse valor deve chegar aos R$ 2,5 bilhões. O misto de otimismo com o avanço da vacinação influenciou não apenas no cenário geral de venda, mas também na escolha por alguns tipos de produtos, como a segunda moradia e imóveis voltados para as classes A e B. 

Em um movimento contrário ao da taxa básica de juros (Selic), a Caixa Econômica informou a redução da taxa de juros do crédito imobiliário na modalidade indexada à poupança. As novas taxas partem de TR (taxa referencial) 2,80% ao ano, somadas à remuneração da poupança, o que representa uma queda de 0,15 ponto porcentual. Na prática, as medidas adotadas pela Caixa devem proporcionar melhores condições de compra de imóveis na linha que usa a poupança e beneficiar camadas mais vulneráveis da população, com reflexos diretos sobre o setor da construção civil.

É um esforço que se faz para estimular esse setor que realmente absorve muita mão de obra. Somos um dos principais termômetros da economia. As atividades que integram a nossa cadeia produtiva impactam diretamente na geração de empregos, na melhoria dos principais indicadores do desenvolvimento econômico e social do nosso Estado. 

A construção civil vem de um ano de crescimento, no qual a Caixa registrou recorde de recursos para financiamentos à habitação em 2021, chegando a R$ 140 bilhões. Quando lançamos o olhar para o futuro, conseguimos vislumbrar novos e promissores horizontes. O mercado imobiliário encontra-se numa curva de crescimento com cenário extremamente favorável para venda e também para a geração de emprego e renda.

Vitor Frota é diretor presidente da Dasart Engenharia