Arquitetura, bem-estar e natureza

Aristarco Sobreira é presidente da A&B Incorporações
Legenda: Aristarco Sobreira é presidente da A&B Incorporações

Ser hóspede na própria casa, quem não sonha com essa possibilidade? Para muitos, sair da rotina nunca foi tão necessário e a preferência é justa, principalmente entendendo o perfil desse público, que tem definido cada vez mais suas predileções e tendências. Em paralelo a estas buscas, estudos voltados para a saúde e bem-estar apontam que um ambiente saudável, pensado e arquitetado para conexão, conforto e qualidade trazem benefícios diários ao corpo e à mente.

Embora muito seja debatido em torno das possibilidades de viagens para outros cenários, é indiscutível a ascensão da estadia em casas, principalmente em ambientes como praias e serras – natural, tratando-se dos anseios humanos que muitas vezes precisam de pausas na rotina extensa. Viajar e esquecer por alguns instantes o barulho da cidade, o trânsito e toda a correria do cotidiano, equivalentes ao mundo moderno, é quase uma necessidade.

As experiências com o pé na areia permitem conexões com a natureza, recarregando as baterias da existência, por isso, são vitais. A proximidade com o que há de mais próximo à ancestralidade, nos conectando às raízes e, atrelado a isso, o design que favorece a profundidade das sensações humanas, energizam a mente para um maior equilíbrio vital. De forma prática para atender a este padrão, todas as obras de arquitetura precisam, por existência, estarem conectadas às necessidades, para que haja sentido, propósito e durabilidade. Obras com propósito resultam em obras de arte, podemos dizer.

Sabendo disso, caminhamos seguindo essa tendência aqui, no Ceará, em Fortim, território de praias exclusivas e natureza única. Cenário ideal. O Origem Fortim, novo empreendimento da A&B, respira o conceito e interpretação dos sentidos, com experiências únicas e particulares. Ao desenvolver o projeto, tudo foi analisado, desde o time de profissionais que faria parte, até os materiais utilizados. O propósito precisa estar em diálogo com a concepção, claro – por isso, colocamos na mesma página o que há de mais moderno, sem interferir no ciclo natural do cenário. O mundo avisa que é hora de diminuir o ritmo: desacelerar, respirar e contemplar. As possibilidades existem no futuro, que é agora e aqui.

Aristarco Sobreira é presidente da A&B Incorporações