Acabou a eleição. E agora?

Passada a euforia do momento de eleições, está na hora de voltarmos nossa atenção para as novas ou continuadas gestões e para como os seus respectivos governantes atuarão em busca de desenvolvimento e crescimento para seus municípios. Saúde, segurança, economia, educação são - como sempre - primordiais, sobretudo em uma conjuntura que estará sob forte dificuldade resultante da pandemia da Covid-19. 

Acabou a eleição. E agora? Bom, agora o 2021 chega com desafios que necessitam de empenho e dedicação para que sejam encontradas boas alternativas de resolução. Como os prefeitos e vereadores podem trabalhar para mudar uma realidade constantemente desafiadora em municípios de todo o País? 

Muitas são as alternativas para minimizar os impactos. O que os gestores precisam é, redundantemente, ter apoio técnico para gerir. Buscar exemplos e ideias de como realizar essa transformação. Por todo o País existem casos de sucesso que deram certo. Não vou longe: na nossa Granja, um município na região Norte do Ceará, nove entre as dez escolas apresentam os melhores índices de leitura do País, segundo o Ministério da Educação.

Agora veja: se uma cidade do interior do Ceará consegue alcançar tal índice, o que falta para que o modelo adotado seja replicado para cidades não só do próprio Estado, mas de todo o Brasil? O que falta para o Brasil buscar dar esse salto?

Foi com muito esforço, dedicação e trabalho duro que conseguimos esses indicadores. A matemática foi básica: melhoramos as condições de trabalho dos professores e para os estudantes, ofertamos melhor estrutura de aprendizagem.
A fórmula não é mágica. Pelo contrário. É necessário conhecer e compartilhar ideias, uma união nacional em prol do desenvolvimento local. Espero que o agora, pós-eleição, seja de transformação.

O Brasil conta conosco, senhoras e senhores gestores.

Romeu Aldigueri
Deputado estadual (PDT)


Assuntos Relacionados