A pandemia será apenas história...

Estamos avistando um final feliz. Ou, pelo menos, um passo extremamente relevante nesse jogo contra um inimigo impetuoso que é o novo coronavírus. A aquisição das vacinas por parte dos governos de Fortaleza e do Ceará é mais um golpe certeiro no combate ao surto viral, numa batalha que parecia infindável até pouco tempo atrás.

O vírus, que já dizimou milhares de vidas em nosso Estado - assim como milhões em todo o globo terrestre -, pode (e deve) estar com os dias contados se as dezenas de experimentos laboratoriais em desenvolvimento realmente fizerem os efeitos esperados pelos cientistas. 

Embora vivamos um momento de cautela, a imunização nos traz também um sopro de esperança. O vento muda de direção. O segmento de asseio e conservação celebra a chegada da vacina e valoriza os hercúleos esforços das autoridades competentes para trazer à população cearense um alento diante de um panorama tão desafiador como foi o ano de 2020.

O setor, ao longo da pandemia, atuou de forma ativa, sem cruzar os braços, sem deixar o campo de jogo em momento algum. Somos mais de 80 mil sob a égide do sindicato, trabalhando ativamente por milhões, suando diariamente a camisa para que essas pessoas pudessem estar protegidas em suas residências.

Temos uma gente valente, de fibra, que esteve - e ainda está - inserida diretamente na linha de frente do combate ao vírus e que nunca desistiu de lutar. Uma gente que olha nos olhos do povo e se orgulha de sair de casa a cada raiar do dia para encarar o problema de frente e que agora, indubitavelmente, comemora a chegada da imunização. Esperamos tempo demais por isso.

A ansiedade é enorme por ver a vida voltando ao normal, a rotina sendo retomada, o cotidiano (re)equilibrado. Unidos ontem, hoje e amanhã. Em breve, a pandemia será apenas um capítulo da história. Tudo isso passará e o jogo há de virar.

Fabiano Barreira
Presidente do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Ceará


Assuntos Relacionados