Sebrae-CE incrementa serviços à distância durante a pandemia

Para apoiar pequenos empreendedores, ferramentas online foram aprimoradas ou desenvolvidas, como o Sebrae na Palma da Mão.

prédio sebrae
Legenda: No portal do Sebrae estão disponíveis ferramentas de gestão nas áreas financeira, de planejamento, de mercado e de vendas.
Foto: Divulgação

Com o propósito de transformar a vida das pessoas por meio do empreendedorismo e contribuir com a sustentação dos negócios, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae-CE) tem realizado várias iniciativas para apoiar os pequenos empreendedores durante a pandemia de Covid-19. A instituição reestruturou todos os serviços para o atendimento remoto via WhatsApp, telefone gratuito (0800 570 0800) e atendimento via chat e e-mail para orientar o empresário nesse momento desafiador.

Além disso, foram criados cursos e consultorias para ajudar as empresas na adaptação do processo para o meio digital, envolvendo o desenvolvimento de produtos e embalagens, criando a presença no meio digital em sites, no Facebook e no Instagram de forma profissional. "Foram realizados eventos online aproximando compradores e fornecedores, articulamos com os agentes financeiros e passamos a orientar os pequenos negócios para estarem preparados para a obtenção do crédito”, ressalta Alice Mesquita, assessora executiva do Sebrae-CE.

A instituição ainda disponibilizou um fundo de aval, o Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), para complementar as garantias solicitadas pelos bancos.

Apoio virtual

Uma grande novidade é o aplicativo “Sebrae na Palma da Mão” (para Android e iPhone), que auxilia o empresário com dicas sobre empreendedorismo, finanças, mercado, cursos online e conteúdo personalizado para a gestão do negócio.

No portal do Sebrae estão disponíveis ferramentas de gestão nas áreas financeira, de planejamento, de mercado e de vendas. E também ferramentas para orientar quanto ao marketing digital, ao marketing de relacionamento e à construção de sites. Por meio do portal, os usuários ainda têm a opção de conversar com pessoas que ajudam o empresário na administração do negócio.

Outra novidade foi a criação da plataforma Mercado Azul e do EmConta. No Mercado Azul, as empresas podem divulgar seus produtos e serviços de forma gratuita. Já o EmConta é um ambiente que ajuda o empresário a conhecer, comparar e encontrar as melhores soluções em serviços financeiros, incluindo a análise dos vários tipos de maquininha de cartão (pagamento).

Alice Mesquita destaca a criação de uma página específica dentro do Portal Sebrae com orientações e todas as medidas criadas pelo governo para apoiar as empresas nesse período de isolamento social por conta da pandemia. Mais recentemente, foram estabelecidos protocolos para 47 atividades - como mercadinhos, lojas, panificadoras, restaurantes, academias de ginásticas, dentre outros -, com as orientações de higiene e saúde para que as empresas possam retornar com segurança. “Esses protocolos estão disponíveis através de e-book, vídeos e materiais de sinalização, como adesivos, comunicados e cartazes, que podem ser baixados pelas empresas para uso em seus estabelecimentos. No portal, também estão disponíveis mais de 300 cursos para orientar o empresário na gestão do negócio, tudo de forma gratuita”, frisa a assessora executiva. 

Retomada do atendimento presencial

Com a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais, o Sebrae-CE está retomando o atendimento presencial de forma agendada para continuar atuando junto aos pequenos negócios, orientando-os nesse momento em que as atividades estão retornando. Basta ligar para o 0800 570 0800 para agendar o atendimento presencial. Enquanto isso, todos os canais de atendimento remoto continuam, por meio de chat, e-mail e WhatsApp.

Saiba mais, no portal do Sebrae-CE:
www.ce.sebrae.com.br

rodapé sebrae

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?