Saída do Governo “não está em discussão”, diz Mansueto

Mais cedo, o ministro Paulo Guedes havia previsto que o economista cearense poderá deixar o Governo em breve

Legenda: Secretário do Tesouro desde 2018, Mansueto ALmeida diz que deixar o governo está "fora de cogitação"

O Secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, descartou a possibilidade de deixar o Governo e disse que a questão não está em discussão. “Quando eu for deixar o Governo, eu aviso com bastante antecedência, mas eu não estou atrás de emprego e nem nada”, disse o economista cearense ao Diário do Nordeste.

Segundo a Reuters, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje que Mansueto poderia deixar o governo “brevemente” para assumir uma função no setor privado ou em uma instituição multilateral.

“Se o cara (Mansueto) estivesse no setor privado estava ganhando uma fortuna, eu acho até que nós vamos perder ele brevemente”, afirmou o Ministro durante evento da Fundação Getúlio Vargas (FGV)

De acordo com agência, Guedes ressaltou que ele tem todo o interesse em manter o secretário no Governo, e que já o convidou para presidir o Conselho Fiscal da República, cuja criação faz parte da proposta do pacto federativo encaminhada ao Congresso.

“Fica um ano, fica este ano com a gente, depois você sai”, afirmou Guedes, em referência a Mansueto. “Se quiser sair, nós queremos capturar de novo. Vai para o BID, vai para o NDB (banco dos Brics), vira presidente de um banco desses aí, porque o Brasil realmente vai poder fazer alguns deles. Acho que no final nós temos uma chance de segurá-lo, mas é muita capacidade, muita gente correndo atrás dele”.
 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios