Projeto de Turismo do Sebrae capacita 150 empresas em Fortaleza

Cursos, consultorias e outras ferramentas beneficiam empresas do setor de meios de hospedagem, agências de turismo, barracas de praia, restaurantes e guias de turismo.

FALESIAS
Legenda: Praia de Morro Branco: falésias fazem parte da paisagem característica do Litoral Leste cearense.
Foto: Banco de Imagens

O turismo local experimenta uma grande oportunidade de se reinventar. As restrições impostas pela pandemia da Covid-19 e a consequente mudança dos fluxos turísticos desafiaram as empresas a focarem no turista brasileiro, aquele que vai viajar pelo próprio Estado ou Região. Com este desafio, 150 empresas do trade de Fortaleza estão sendo preparadas pelo Projeto de Turismo do Sebrae.

Empresas do setor de meios de hospedagem, agências de turismo, barracas de praia, restaurantes e guias de turismo estão entre as contempladas pelas ações do programa, que oferece cursos, consultorias, palestras, participação em eventos e treinamentos de lideranças. O acesso dos empresários da cadeia produtiva do Turismo ao programa é feito por meio das entidades representativas empresariais, estratégia que fortalece o associativismo. “Esta é uma das bandeiras do Sebrae. Queremos que os empresários entendam que juntos têm mais poder”, afirma Evelyne Tabosa, gestora do Projeto de Turismo em Fortaleza.

Ubajara
Legenda: As belezas da serra, como as do Parque Nacional de Ubajara, compõem o cenário do turismo no interior do Estado.
Foto: Banco de Imagens

Vantagens ao aderir

O que diferencia o Projeto de Turismo do Sebrae de todas as outras iniciativas voltadas para o trade turístico é o fato de o recurso ser 100% subsidiado, ou seja, a empresa participante não paga nada.

Ao ingressar no programa, os negócios são submetidos a um diagnóstico e um direcionamento do Sebrae sobre as ações mais indicadas para atender as urgências das empresas. “Em parceria com as entidades representativas, o Sebrae levanta as necessidades e realiza um plano de ação para os empreendimentos”, destaca Evelyne Tabosa.

Para participar, as empresas devem ser categorizadas como Micro Empreendedor Individual, Microempresa e Empresa de Pequeno Porte. Informações sobre o cadastro no projeto em Fortaleza podem ser obtidas pelo e-mail: evelyne@ce.sebrae.com.br.

Sobre o programa

O Projeto de Turismo do Sebrae teve início no ano passado, com foco nas rotas turísticas Fortaleza e Rota das Emoções. Com o novo cenário econômico e as limitações impostas pela pandemia, o programa foi estendido até o final de 2020, com a inclusão de outras rotas atendidas pelo Sebrae-CE.

Agora, o Projeto de Turismo do Sebrae também abrange empresas da Rota das Falésias (Litoral Leste), Rota do Café (Maciço de Baturité), Rota Mirantes da Ibiapaba (Serra da Ibiapaba) e Rota Turística do Cariri. “Em virtude dos desafios para o Turismo este ano, foi permitido incluir novas rotas no projeto”, explica Evelyne Tabosa.

rodapé sebrae

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?