Procon Fortaleza: primeira pesquisa do ano mostra variação de até 321,56% nos preços dos alimentos

O alho, por exemplo, pode ser encontrado de R$ 6,40 a R$ 26,98 nos estabelecimentos

A primeira pesquisa de 2019 do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza), divulgada nesta terça-feira (29), mostra variação de até 321,56% no preço de alimentos e produtos nos supermercados da Capital. É o caso do quilo do alho, por exemplo.

Segundo a pesquisa, o alho pode ser encontrado de R$ 6,40 a R$ 26,98 nos estabelecimentos. Já o mamão, outro item com grande variação no valor, pode custar de R$ 0,99 a R$ 3,49, conferindo uma diferença de até 252,52%. 

A soma média dos 60 itens pesquisados ficou em R$ 439,23. Valor menor do que o apresentado em dezembro (R$ 442,07), mês com alta de 5,83% nos produtos. 

O levantamento foi realizado nos últimos dias 14 e 15 de janeiro. 

Maiores variações 

Alho (kg) R$ 6,40 R$ 26,98 321,56%
Mamão (Kg) R$ 0,99 R$ 3,49 252,52%
Tomate (Kg) R$ 2,59 R$ 7,99 208,49%
Pimentão (Kg) R$ 2,98 R$ 7,98 167,78% 
Laranja (Kg) R$ 1,89 R$ 4,49 137,56% 

 

Onde está mais barato 

  • Açúcar  - R$ 1,99    -     Regional V 
  • Arroz - R$ 2,68     -    Regional I 
  • Azeite de oliva - R$ 19,49      -   Regional II 
  • Biscoito doce - R$ 3,09     -    Regional II 
  • Bolacha salgada - R$ 3,59     -    Regional V 
  • Café - R$ 4,29    -     Regional III 
  • Farinha mandioca - R$ 2,49    -     Regional III 
  • Farinha de milho - R$ 0,79    -     Regional II 
  • Feijão - R$ 4,29    -     Regional V 
  • Leite caixa - R$ 2,58     -  Regional I
Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios