Preços de viagens em aplicativos chegam a dobrar no quinto dia de ataques criminosos

Ao longo do dia, valores cobrados pelas três empresas apresentaram elevação considerável

Escrito por Redação,

Negócios
Legenda: Aumentos exponenciais são motivados pela redução da frota de ônibus na capital
Foto: Foto: Arquivo/SVM

Com o número de transportes públicos reduzidos a 75% por causa da onda de ataques criminosos que ocorrem desde a última sexta-feira (20) no estado do Ceará, algumas pessoas recorreram a aplicativos de mobilidade urbana, como Uber, 99 e Sinditáxi, para se deslocarem. Por causa da alta demanda, estes registram aumentos exponenciais nos preços cobrados nas rotas, chegando, em algumas situações, a mais de 100% do valor apresentado normalmente.  

Quem precisou se deslocar da Avenida Dom Luís, na Aldeota, para o Terminal da Parangaba, entre 11h30 e 13h30, por exemplo, teve de pagar R$ 27,40 na plataforma 99. Entre 18h e 19h, o valor subiu para R$ 38,10. Se o cliente fizesse o mesmo trajeto solicitando um veículo do Sinditáxi ou da Uber, entre 11h30 e 13h, pagaria 28,30 e 20,96, respectivamente. Entre 18h e 19h, no entanto, desembolsaria R$ 38,30 para o Sinditáxi e R$ 55 para a Uber. 

Saindo da Dom Luís, na Aldeota, com destino à Praça do Canindezinho, no bairro Siqueira, entre 11h30 e 13h, pagaria R$ 33,30 na 99; R$ 42,10 no Sinditáxi; e R$ 33,10 na Uber. Entre 18h e 19h, desembolsaria R$ 45,80 na 99; R$ 49,80 no Sinditáxi; e R$ 60,10 na Uber. 

Entre 11h30 e 13h, eram cobrados R$ 32,20 na 99; R$ 38,50 no Sinditáxi; e R$ 33 na Uber a quem ia da Dom Luis, na Aldeota, para a Avenida Ministro Albuquerque Lima, 885, no bairro Conjunto Ceará. Já no início da noite, entre 18h e 19h, os valores disparavam para R$ 47,90 na 99; R$ 50 no Sinditáxi; e R$ 59,48 na Uber. 

Os preços cobrados pelos aplicativos de mobilidade urbana para quem ia da Dom Luis para o Via Sul Shopping, no bairro Sapiranga, entre 11h30 e 13h, também apresentaram elevações. Na 99, estava custando R$ 15,70; no Sinditáxi, R$ 18,90; e na Uber, R$ 15,02. Já entre 18h e 19h, anotavam R$ 23,60 na 99; R$ 27,10 no Sinditáxi; e R$ 30,64 na Uber.

A corrida da Universidade de Fortaleza (Unifor) para o Terminal da Parangaba custava R$ 19,70 na 99; R$ 27,50 no Sinditáxi; e R$ 19,96 na Uber, entre 11h30 e 13h. Os valores encontrados entre 18h e 19h era de R$ 31,70; R$ 39,90; e R$ 24,53, respectivamente. 

Da Unifor para a Praça do Canindezinho, no Siqueira, entre 11h30 às 13h, 99 cobrava R$ 39,10; Sinditáxi, R$ 41,50; e Uber, R$ 39,14. Os preços encontrados, das 18h às 19h, também apresentaram encarecimento. A 99 anotava R$ 47,70 para ir do Edson Queiroz, bairro onde fica a Unifor, para o Siqueira, enquanto o Sinditáxi cobrava R$ 54,90, e a Uber, R$ 38,94. 

Quem foi da Unifor para a Avenida Ministro Albuquerque Lima, no Conjunto Ceará, pagou R$ 38,40 à 99; R$ 37,80 ao Sinditáxi; e R$ 33,13 à Uber entre 11h30 e 13h. Os valores encontrados mais à noite, entre 18h e 19h, foram mais caros. Na 99, o mesmo trajeto citado estava por R$ 50,60; no Sinditáxi, R$ 53,60; e na Uber, R$ 38,78. 

Até mesmo quem desejava fazer viagens curtas, da Unifor para o Via Sul Shopping, por exemplo, sentiu uma diferença na hora de solicitar um veículo nas três empresas de aplicativos de mobilidade urbana. Entre 11h30 e 13h, a marca era de R$ 8,60 para a 99; R$ 11,70 ao Sinditáxi; e R$ 9,13 na Uber. Das 18h às 19h, os valores sofreram um acréscimo, e os passageiros deveriam pagar R$ 11,50 para a 99; R$ 16,80 ao Sinditáxi; R$ 11 à Uber.