Preços de alimentos e produtos estão 7,18% mais caros nos supermercados de Fortaleza

A Regional do Centro tem os maiores preços na média dos produtos pesquisados (R$519,09), enquanto a Regional IV registrou o menor valor (393,61)

Legenda: Nove itens apresentaram uma diferença de preços acima de 100%, segundo pesquisa do Procon
Foto: Foto: Kiko Silva

Os preços de alimentos e produtos de primeira necessidade vendidos nos supermercados de Fortaleza aumentaram 7,18% no mês de março, em relação ao valor registrado em fevereiro. O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon) aponta que para comprar itens considerados fundamental, os fortalezenses precisam desembolsar, em média, R$ 454,44. A pesquisa foi divulgada nesta quinta-feira (28). 

No levantamento feito no mês passado, a soma média dos produtos pesquisados foi de R$ 424,01, ou seja, R$ 30,43 a menos do que neste mês. O quilograma do alho apresentou a maior variação de preço entre os estabelecimentos da Capital, podendo oscilar até 293,25%, com valores que vão desde R$ 8,90 a R$ 35. Ao todo, foram pesquisados 60 produtos nos supermercados de Fortaleza, entre os dias 20 e 22 de março.  

Os maiores preços registrados foram nos supermercados dos bairros da Regional do Centro, que teve uma média de R$ 519,09 no somatório de todos os produtos pesquisados. Já a Regional IV, onde ficam bairros como Damas, Couto Fernandes, Itaperi, teve uma média de R$ 393,61. O Procon enfatiza que a soma média dos itens, por regionais, também leva em consideração a falta de itens nos estabelecimentos, o que pode impactar no valor total. 

Segundo a diretora do Departamento, Cláudia Santos, a pesquisa ainda é a maior aliada do consumidor que busca economizar. "Os estabelecimentos percebem a migração de clientes para locais com preços mais baratos. E isto força os supermercados que praticam preços elevados a baixarem o valor de produtos e alimentos. O consumidor é quem sai ganhando".  

Os preços de todos os produtos pesquisados podem ser verificados, por regionais, no aplicativo "Proconomizar". 

Confira os produtos com maiores variações de preço, com percentual acima de 100%: 

Alho (Kg): R$ 8,90 - R$ 35,00 (293,25%) 

Mamão (kg): R$ 1,19 - R$ 3,99 (235,29%)

Queijo coalho (Kg): R$ 18,79 - R$ 47,98 (155,34%)

Queijo mussarela (Kg): R$ 20,49 - R$ 49,90 (143,53%)

Abacaxi (Unid): R$ 2,89 - R$ 6,99 (141,86%)

Cenoura (Kg): R$ 2,49 - R$ 5,99 (140,56%)

Preços por regionais: 

Preço médio total

Regional Centro: R$ 519,09 

Regional II: R$ 471,72 

Regional III: R$ 464,83 

Regional VI: R$ 462,03 

Regional V: R$ 455,15 

Regional I: R$ 395,90 

Regional IV: R$ 393,61 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?