Poupadores podem aderir a acordo de planos econômicos em nova plataforma a partir de hoje

Atualizações adequaram o site às condições aprovadas pelo STF em junho e facilitaram o processo de adesão dos poupadores ao acordo

Legenda: A reforma das aposentadorias garantiu ao governo uma economia de R$ 800 bilhões no mesmo período.
Foto: Agência Brasil

A partir desta quinta-feira (9) os poupadores afetados pelos planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989), Collor I (1990) e Collor II (1991) poderão aderir mais facilmente ao acordo de correção monetária dos saldos da poupança.

A nova versão do site pagamentodapoupanca.com.br, criado para o fechamento de acordos entre poupadores e bancos, já está disponível.

As mudanças na plataforma pretendem simplificar o processo de adesão e adequar a ferramenta aos termos do aditivo aprovado pelo Supremos Tribunal Federal (STF), no mês de Junho.

Mudanças no site

Com as atualizações, o site vai funcionar como um local de manifestação de interesse em aderir ao acordo. O poupador ou o advogado deve apenas preencher um formulário com dados pessoais e informações do processo.

O único documento que deve ser anexado é a procuração que autoriza o advogado a representar o poupador. Após ser adicionado, o sistema vai gerar um número de habilitação para acompanhar o status do processo.

Antes das mudanças, todo o processo era realizado por meio do site. Para isso, a parte interessada precisava fornecer versões digitalizadas de uma série de documentos, o que tornava os trâmites ainda mais burocráticos.

As solicitações de adesão serão encaminhadas para os respectivos bancos, que farão a análise da elegibilidade do pedido e dos documentos que já possuem.

Caso não haja pendência de documentação, a instituição financeira entra em contato com o poupador ou advogado para comunicar o valor a ser pago e como será feita a assinatura do acordo. A partir desta data, o banco tem 15 dias para depositar o dinheiro na conta definida pelo cliente.

O poupador que tiver alguma dúvida ao longo do processo, deve entrar em contato diretamente com o banco e informar o número de habilitação gerado pelo site. A plataforma vai disponibilizar os telefones e e-mails das instituições financeiras.