Pioneira no País, Fortaleza não sabe quando inicia stopover da Gol

Capital encabeçou projetos de paradas gratuitas no País e já conta com o mecanismo da Air France-KLM e da TAP. Executivo da Gol informou que ferramenta não está em construção, mas Setur estima ações para janeiro

Legenda: Parceiras da Gol no hub de Fortaleza, Air France e KLM já possuem stopover na Capital.
Foto: FOTO: THIAGO GADELHA

A exemplo do que ocorre em vários lugares do mundo, Fortaleza tem encabeçado no País planos da inclusão de programas de stopover - quando o passageiro faz uma parada gratuita em alguma cidade antes de chegar ao seu destino final - em várias companhias aéreas. Atualmente, TAP e Air France-KLM já permitem o viajante a realizar o stopover na Capital, enquanto a Gol ainda está em processo de negociação com o Governo do Estado, o que, de acordo com o vice-presidente Comercial e Marketing da Gol, Eduardo Bernardes, não deve sair em curto e médio prazos.

"Não está em construção (em Fortaleza) neste momento. No curto e médio prazos não acontecerá. A gente fez o lançamento do stopover em São Paulo e, durante o anúncio, nós colocamos publicamente que existem várias limitações técnicas, porque o sistema da Gol não foi um sistema originalmente concebido para fazer isso. Nós fizemos um exercício técnico para criar uma solução enquanto a gente consegue desenvolver uma solução definitiva", disse Bernardes.

Durante a Abav Expo, que ocorreu em São Paulo no fim de setembro, a companhia lançou oficialmente o mecanismo de parada nos aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Viracopos. "Aqui em São Paulo, o stopover não segue o conceito total do que é um stopover para as companhias aéreas que possuem um sistema cuja parada é nativa e funcional daquele sistema. Nosso sistema não tem isso. E não tem previsão de ter dentro do sistema original", explica.

Para São Paulo, o stopover da Gol já pode ser comercializado no site da companhia. Em Fortaleza, a ferramenta tem sido prometida desde o anúncio do hub da Air France-KLM e Gol em maio do ano passado. Em diversas ocasiões, Governo e Gol informavam que o sistema estava sendo desenvolvido.

Aplicativo

O secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, afirmou que teve mais uma vez reunião com representantes das empresas que compõem o centro de conexões. "Em relação ao nosso stopover, nós tivemos reunião com a Air France-KLM e Gol e isso deve sair em janeiro ou fevereiro do próximo ano", acrescenta o titular da Setur.

Os planos incluem um aplicativo para oferecer descontos em hotéis, bares, restaurantes, entre outros serviços, aos passageiros que desejarem parar em Fortaleza.

Já Bernardes disse que a companhia não quer assumir nenhum compromisso com o cliente e com os parceiros porque o produto ainda não está pronto para Fortaleza.

"Hoje, está no plano de a Gol ter essa funcionalidade nos mercados onde a gente tem um hub especialmente com conexões internacionais, e Fortaleza enquadra dentro disso, não só pela Gol, mas também com os parceiros estratégicos. Mas a gente não quer criar nos clientes, parceiros, no Governo, nas autoridades, no trade que a gente vai oferecer um produto agora de imediato".

Já a TAP oferece, desde março, o serviço em Fortaleza e em mais quatro cidades.


Assuntos Relacionados