Demissão por WhatsApp pode gerar indenização? Entenda direitos do trabalhador

A Sexta Turma do TST indenizou uma empregada doméstica que foi dispensada por meio do aplicativo de mensagens. Justiça alegou “ofensa à dignidade”

Escrito por Heloisa Vasconcelos, heloisa.vasconcelos@svm.com.br

Negócios
mão segurando celular mostrando ícone do whatsapp
Legenda: A legislação não detalha os meios por qual a demissão deve ocorrer, mas o empregador deve ter cautela para não ofender a dignidade humana.
Foto: Pixabay