Parques temáticos são opção para a garotada

Legenda:
Foto:
Apesar do arrefecimento desta alta estação turística, a movimentação nas praias e parques aquáticos ou temáticos continua em alta neste período. No Beach Park, no litoral de Aquiraz, a mais nova atração da garotada é o Aqua Show. O equipamento reúne 78 brinquedos e jatos de água, sincronizados com o som caribenho da banda do Zé Patola — o caranguejo símbolo do parque aquático.

Informatizado, o Aqua Show absorveu R$ 2,5 milhões, em uma estrutura de 1,3 mil metros quadrados de puro lazer e diversão. O acionar de um botão é o suficiente para fazer a água jorrar, os brinquedos girarem e a criançada vibrar de alegria, enquanto aguarda por um banho de balde gigante, literalmente.

Outro R$ 1 milhão, explica o diretor geral do Beach Park, Murilo Pascoal, foi investido em publicidade e propaganda, na divulgação do Aqua Show e do Beach Card, um novo cartão de uso familiar, com sete anos de acesso livre ao parque aquático e a descontos no complexo turístico. Já a venda em vários pontos da cidade, ao preço de R$ 1.968,00, o cartão tem como público alvo as famílias residentes no Ceará.

Com a nova atração, contabiliza Pascoal, o Beach Park projeta elevar em 20% o faturamento do complexo turístico, fechando o ano com R$ 50 milhões em arrecadação. Para tanto, estão sendo feitos investimentos na mídia nacional, sobretudo nos estados do Sudeste e do Norte do País, além da Argentina, Chile e, brevemente, Portugal.

Capaz de reunir 300 crianças e adultos, o Aqua Show agrupa em seis plataformas de concreto e fibra de vidro oito toboáguas, 14 canhões, moinhos e hélices d’água, jatos e duchas, chafarizes, e géiseres. Os 41 brinquedos podem ser manuseados pelas próprias crianças, enquanto aguardam o toque musical para o grande banho de balde.

GIGANTE - Distração de destaque do novo equipamento, um balde gigante, de 1.800 litros, despeja uma enxurrada d’água sobre o público, várias vezes por dia. “O Aqua Show é único no Brasil. É a novidade que faltava, porque ele permite o acesso de crianças e adultos no mesmo brinquedo”, expôs Pascoal. Projetado pelo arquiteto Alexandre Silva, o equipamento foi concebido por meio de parceria com a empresa americana NBKS, conhecida mundialmente como inovadora em atrações de parques.

PARAÍSO PERDIDO - Do outro lado de Fortaleza, mais precisamente no município de Caucaia, o Paraíso Perdido aproxima as diversões de um parque aquático a aventuras em pontes de equilíbrio, arvorismo (caminhada sobre árvores) e visitas a um zoológico com 120 animais. Entre uma distração e outra, o visitante pode vislumbrar leões, tigres, onças pintadas, hipopótamos e chimpanzés e, ainda, rir das travessuras de pequenos macacos, e do gorjear de pássaros silvestres.

SERVIÇO: Informações sobre ingressos no Beach Park podem ser obtidas através do telefone 3305-7777 e no Paraíso Perdido, pelo número 3261-2280.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios