Ocupação hoteleira em Fortaleza deve superar 80% no Carnaval

Previsão foi indicada pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará

Legenda: No ano passado, segundo a Secretaria de Turismo do Estado, a previsão era de que a Capital receberia mais de 160 mil turistas durante o Carnaval
Foto: Foto: Fernando Travessoni

A ocupação hoteleira em Fortaleza para o Carnaval deverá superar os 80% em 2020. A perspectiva foi confirmada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará (Abih-CE). A instituição aponta o resultado como uma consolidação da cidade como destino para quem deseja "fugir da agitação". 

Segundo o presidente da Abih-CE, Eliseu Barros, a expectativa da taxa de ocupação dos empreendimentos na Capital é de 81%. O dado representa uma variação de 6% em 2020 ante igual período de 2019. 

Barros afirmou que o resultado trará benefícios para os hotéis de Fortaleza e para outros setores da economia da Capital, a partir da movimentação de turistas pelo comércio local. 

“Até o momento, a procura por reservas em hotéis já supera a do ano passado e muitos turistas ainda deixam para confirmar estadia na semana do feriado”, afirmou Eliseu de Barros.

No ano passado, segundo a Secretaria de Turismo do Estado, a previsão era de que a Capital receberia mais de 160 mil turistas durante o Carnaval. O fluxo de pessoas geraria uma movimentação financeira no patamar de R$ 380 milhões em todo o Estado. Contudo, ainda não há dados para 2020.

Mesmo com a prevalência do turismo regional, ou seja, de pessoas que vêm para Fortaleza de outros estados do Brasil, o turismo internacional dobrou a taxa de ocupação no Nordeste de 4% para 8%, de 2018 para 2019. De acordo com Antônio Roque Albuquerque, vice-presidente do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará, IBEF, os índices são bons para o aquecimento da economia. “Em perspectiva de negócios, manter esse nível de crescimento é excelente, o que reflete positivamente no faturamento das empresas”, afirma.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?

Assuntos Relacionados