Lojas da Enel são autuadas por aglomeração em filas

É exigido distanciamento mínimo de 2 m entre clientes em filas

Legenda: Fila na agência da Enel no Centro na terça-feira, 4 de agosto
Foto: VC Repórter

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), autuou, nesta sexta-feira, 7, duas agências de atendimento da concessionária de energia Enel por descumprir o decreto estadual que proíbe aglomeração, em combate ao contágio de Covid-19.

A fiscalização do órgão nesta sexta constatou que os estabelecimentos não estavam respeitando a determinação de distanciamento mínimo de dois metros entre os clientes nas filas. 

As duas agências - dos bairros Centro e Parangaba, em Fortaleza –, vão ter 10 dias para apresentar sua defesa junto ao órgão, que é um braço do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

Os estabelecimentos estão sujeitos a penalidades administrativas previstas no artigo 18 do decreto nº 2.181/97.

Novas fiscalizações em agências da Enel devem ocorrer ao longo do mês de agosto, segundo o Decon.

Durante o momento da fiscalização, contudo, verificou-se que nas duas agências havia funcionários medindo a temperatura das pessoas e que os espaços disponibilizavam álcool em gel aos presentes.

Enel

A Enel informou que está cumprindo "todas as exigências dos decretos federais, estadual e municipal, normas sanitárias e trabalhistas para reabertura dos serviços essenciais, com todos os protocolos de higiene e segurança, distanciamento entre os atendentes, uso obrigatório de máscaras, disponibilização de álcool em gel e marcações para distanciamento dos clientes nas filas e dentro da loja".

Além disso, a empresa disse que o atendimento é feito mediante agendamento por meio do site da companhia.

A companhia informa que recebeu a notificação do Decon e vai responder o órgão dentro do prazo estabelecido. 

A empresa acrescenta que já solicitou o apoio da Prefeitura de Fortaleza para auxiliar no cumprimento das medidas de distanciamento social no espaço fora da loja.

Atendimento

A companhia reforça que, para manter o distanciamento social, os clientes priorizem os canais digitais para atendimento:

  • Central de Atendimento, por meio do 0800 285 0196.
  • WhatsApp, enviando um “Olá” para o número (21) 99601-9608. 
Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?