Instituições financeiras tradicionais saem perdendo para as fintechs no cadastramento do Pix

Novo sistema de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central acirra a disputa na captação de clientes

Legenda: De acordo com o levantamento, as cinco maiores instituições financeiras, consideradas tradicionais, do país (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander) estão atrás de fintechs como Nubank, Mercado Pago e PagSeguro
Foto: Agência Brasil

O Banco Central listou as dez instituições financeiras que mais cadastraram chaves no Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo BC, até a última quarta-feira (14). De acordo com o levantamento, as cinco maiores instituições financeiras, consideradas tradicionais, do país (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander) estão atrás de fintechs, como Nubank, Mercado Pago e PagSeguro, que ocupam a primeira, a segunda e a terceira colocação entre as que mais têm chaves cadastradas, respectivamente.

Até às 18h da última quinta-feira (15), foram realizados 36,5 milhões de cadastros de chaves no novo sistema de pagamentos instantâneos, conforme o Banco Central. Das cinco maiores instituições financeiras tradicionais, o Bradesco lidera, ocupando o quarto lugar, com 3,7 milhões, menos da metade do que a fintech Nubank - que ficou em primeiro lugar entre todas as empresas - registrou: 8 milhões. 

Cadastro

Desde segunda-feira (5), brasileiros e brasileiras podem cadastrar informações nas instituições financeiras nas quais são clientes para o uso do Pix. Em 3 de novembro, iniciará a fase de testes do sistema, mas só para alguns clientes selecionados. O Pix passará a funcionar em todo o Brasil a partir de 6h30 do próximo dia 16 de novembro.

O que é Pix?

A nova plataforma de pagamentos criada pelo Banco Central (BC) e que promete revolucionar a forma como o brasileiro faz suas transferências tem agitado o mercado bancário e deve trazer muitos benefícios para os clientes. Instantâneo, com funcionamento de domingo a domingo durante 24h, o Pix deve desbancar TED e DOC e mexer com o mercado de cartão de crédito também.

O Pix é um meio de pagamento assim como boleto, TED, DOC, transferências entre contas de uma mesma instituição e cartões de pagamento (débito, crédito e pré-pago).

Segurança

As mesmas medidas de segurança, tais como formas de autenticação e criptografia, adotadas na realização de outros meios de pagamento, como TEDs e DOCs, serão adotadas pelas instituições para o tratamento das transações via Pix.

Os requisitos de disponibilidade, confidencialidade, integridade e autenticidade das informações foram cuidadosamente estudados e diversos controles foram implantados para garantir alto nível de segurança.

Todas as transações ocorrerão por meio de mensagens assinadas digitalmente e que trafegam de forma criptografada, em uma rede protegida e apartada da Internet.

Além disso, No Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT), componente que armazenará as informações das chaves PIX, as informações dos usuários também são criptografadas e existem mecanismos de proteção que impedem varreduras das informações pessoais, além de indicadores que auxiliam os participantes do ecossistema na prevenção contra fraudes e lavagem de dinheiro.  

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios