Inflação de Fortaleza abre 2020 com alta de 0,28%

O índice na RMF ficou acima da média do Brasil, de 0,21% em janeiro deste ano

Legenda: De acordo com o instituto, o resultado foi impulsionado, sobretudo, pelas altas observadas nos grupos de produtos e serviços de Alimentação e Bebidas (0,83%)
Foto: Foto: Walter Craveiro

A inflação oficial de Fortaleza e região metropolitana medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentou alta de 0,28% em janeiro de 2020. O dado foi divulgado na manhã desta sexta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e já leva em consideração a cesta de serviços atualizada pela Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017-2018.

De acordo com o instituto, o resultado foi impulsionado, sobretudo, pelas altas observadas nos grupos de produtos e serviços de Alimentação e Bebidas (0,83%) e Transportes (0,69%), além das despesas pessoais (0,66%).

Na outra ponta, impediram uma inflação ainda maior em Fortaleza neste início de ano as variações negativas nos preços dos grupos Vestuário (-1,31%) e Saúde e Cuidados Pessoais (-0,53%).

O índice em Fortaleza ficou acima da média do Brasil, de 0,21% em janeiro. A taxa no País é a menor para o mês de janeiro desde o início do Plano Real, em 1994.

INPC

O Índice de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro em Fortaleza variou 0,30%. O grupo Alimentação e Bebidas apresentou variação de 1%, enquanto o grupo Vestuário apresentou queda de 1,26%. O INPC mede a inflação para famílias com renda de até cinco salários mínimos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados