GP Verdes Mares define resultado

Mais de 220 peças foram analisadas. O vencedor de cada categoria desta 12ª edição será anunciado em maio

Legenda: Análise leva em conta a adequação ao meio, criatividade e originalidade.
Foto: Foto: José Leomar

A 12ª edição do Grande Prêmio Verdes Mares de Propaganda reuniu mais de 200 peças do portfólio de 20 agências, todas sediadas no Ceará. Com critérios de adequação ao meio, criatividade e originalidade, cinco jurados avaliaram cada peça e já definiram os vencedores.

Entre os jurados, está Diego Oliveira, CEO da empresa paulista Youpper, em sua segunda participação na avaliação. "Quando fazemos comparação, vejo uma adaptação, que vale mais que melhorar. Naquele momento, eram fantásticas as campanhas ao seu contexto. Nos dias de hoje, vemos uma nova adaptação, falando de acordo com a nossa situação", destaca.

Também compunha o júri Marina Carvalho, analista de marketing na área de Mídias Digitais do Grupo Globo, em Pernambuco, aos mercados Norte e Nordeste. "O que mais me surpreendeu foi o uso do bom humor aqui. É bem particular do Ceará e a gente não vê tão fortemente nos outros estados. É divertido, porque você é impactado pela comunicação, ao mesmo tempo que se entretém e tem a leveza do humor. Isso está predominando nos materiais que eu vi e realmente está me surpreendendo", pontua.

Completam a bancada Gabriela Freitas, sócia diretora da Proxy Media (São Paulo); Marcela Fujiy, cofundadora da Be.Labs Aceleradora (Paraíba); e Marcela Alves, coordenadora de mídia da Martalima Comunicação (Pernambuco).

O resultado será conhecido durante a festa de premiação, agendada para o mês de maio. Além das peças, o GP avalia, por meio de escolha popular, profissionais do ano. São mais de 39 inscritos em cinco categorias. A votação será aberta no site da ação a partir de segunda-feira (18).

Responsabilidade social

Pelo terceiro ano, o GP inclui a categoria campanha solidária, para ajudar, neste ano, o Abrigo São Lázaro. Foram cinco agências participantes. Na seleção, os jurados contaram com a presença especial de um representante dessa ONG. "Espero que pela campanha as pessoas se conscientizem que os animais não são objetos", destaca Apollo Vicz, representante da entidade.


Assuntos Relacionados