Fraport vai alterar acesso a embarque do Aeroporto de Fortaleza

Mudança será realizada até o fim do ano, a partir do início da construção de um novo estacionamento para passageiros e táxis no terminal. Segundo a concessionária, conclusão é prevista para o segundo semestre de 2019

Com o avançar das obras do Aeroporto Internacional Pinto Martins, na Capital, o acesso viário à área de embarque e desembarque será modificado até o fim de dezembro para possibilitar o início da construção de um novo espaço para estacionamento de passageiros e de táxis, conforme informou a concessionária Fraport Brasil - Fortaleza.

A nova via ainda está sendo construída pelo consórcio Método Passarelli, responsável pelas obras de reforma e ampliação do Aeroporto. De acordo com a concessionária, a previsão é que o novo espaço seja concluído no segundo semestre do próximo ano, antes da entrega das obras de expansão do terminal, previstas para maio de 2020.

A Fraport não confirma, mas conforme o Diário do Nordeste havia informado em 7 de junho, o planejamento da empresa incluía o acréscimo de mais 200 vagas para estacionamento de passageiros, 407 para táxis e 10 para ônibus no espaço.

Próximas ações

As novas instalações do Aeroporto já poderão começar a serem utilizadas no próximo ano. Segundo a Fraport, a área de check-in será transferida para o novo edifício já no terceiro trimestre do próximo ano. Os balcões serão realocados para a área de expansão, enquanto a área atual será utilizada para a ampliação das salas de embarque e desembarque do prédio atual.

A concessionária também prevê o início da instalação de oito novas pontes de embarque no novo edifício da expansão nesse prazo, quando também serão unificadas as áreas de embarque e desembarque dos dois prédios. Ambas construções serão completamente unificadas no início de 2020, quando devem ser iniciadas as obras do píer, uma nova expansão da área de embarque.

Andamento das obras

A ampliação do Aeroporto está com 37% de execução após sete meses de trabalho, segundo último boletim da Fraport, divulgado na sexta-feira (23). Com a atuação de mais de 90 engenheiros e de cerca de 900 colaboradores, a concessionária já unificou as salas de embarque do prédio atual e entregou uma nova área de inspeção de segurança, além de melhorias de iluminação, banheiros, climatização, conexão Wi-Fi e sinalização.

As obras da expansão do terminal tiveram início no fim de abril passado, após solucionado o impasse entre a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e o antigo consórcio responsável pelas obras. Inicialmente prevista para outubro do próximo ano, a conclusão da obra precisou ser adiada por conta da disputa judicial.

A maior parte dos trabalhos de reforma e ampliação, previstos em cerca de R$ 1 bilhão pela Fraport, será financiada pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Serão R$ 692 milhões, cerca de 70% do investimento total previsto.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados