Estado precisa continuar a investir em portos e aeroporto para impulsionar desenvolvimento

Perspectiva é de Hitendra Patel, diretor administrativo do IXL Center e presidente do Programa de Inovação e Crescimento da Hult International Business School

Legenda: Patel também apontou a necessidade de investimentos em educação
Foto: Foto: Divulgação

O Governo do Estado precisa continuar a investir nas estruturas portuárias no Ceará e no Aeroporto de Fortaleza para impulsionar os níveis de desenvolvimento econômico locais. A perspectiva foi defendida por Hitendra Patel, diretor administrativo do IXL Center e presidente do Programa de Inovação e Crescimento da Hult International Business School.

Patel, que participou de um evento sobre inovação no Ceará, também comentou que o Estado precisa voltar a atrair os grandes talentos empresariais para que o ambiente econômico possa evoluir a partir de mecanismos de inovação.

"Fortaleza está muito mais perto dos Estados Unidos do que São Paulo. Se o Governo focar em transformar o Aeroporto de Fortaleza em um importante ponto econômico e mostrar que a Capital tem um grande potencial de negócios para Miami e Chicago ou Boston, ou até cidades na Europa, nós iremos notar uma evolução muito grande dos negócios e então começar a fazer comércio a partir daqui para outras cidades do Brasil, como São Paulo", disse Patel. 

"Mas para isso, o Governo do Ceará precisa continuar fazendo investimentos nos portos e no aeroporto para que as empresas comecem a encarar o Ceará como um grande destino", completou o diretor", completou. 

Outra iniciativa importante apontada por Patel é a necessidade de investimentos em capacitação das pessoas no Estado, mas não apenas no aspecto técnico. Segundo o diretor da do IXL Center, é preciso entender os potenciais pessoais para se gerenciar negócios e para se conectar com a economia global a partir de idiomas, como inglês. 

"As pessoas tem feito investimentos em prédios, na área da educação e em programas que estão impulsionando o tipo correto de pensamento para que isso aconteça. Aqui, o Governo tem analisado que a educação precisa evoluir e é preciso pensar educação também na esfera comercial, com treinamento e capacitação para que as pessoas estejam prontas antes de começar a trabalhar. Mas essa visão também foca na perspectiva de negócios, para que as pessoas estejam prontas não apenas tecnicamente. É preciso que as pessoas desenvolvam habilidades de negócios", analisou Patel.


Assuntos Relacionados