Empresas e bancos devem enviar informe de rendimentos do IR 2021 até dia 26

Os informes são documentos necessários para fazer a declaração de Imposto de Renda de 2021

Imposto de Renda 2021
Foto: Fernanda Siebra

O informe de rendimentos referentes ao ano de 2020 deve ser entregue por empresas, bancos e corretoras de valores aos funcionários e clientes, até o último dia útil de fevereiro (26/2). Os informes são documentos necessários para fazer a declaração de Imposto de Renda de 2021.   

Os dados servem para a Receita Federal cruzar informações, saber quanto você pagou de imposto ao longo do ano passado e verificar se houve sonegação ou não. 

As empresas e instituições financeiras podem enviar os dados por e-mail ou deixá-los disponibilizados para consulta pela internet ou aplicativo.

Se você tiver conta corrente ou investimentos em mais de um banco ou corretora, é preciso obter os informes de todas as instituições onde mantém recursos.

O que fazer se o informe de rendimentos não for entregue no prazo?

Se o informe não for entregue no prazo, o contribuinte deve entrar em contato com o RH da empresa ou o gerente da instituição financeira. Caso não tenha resposta, o problema deve ser comunicado à Receita Federal.

E se houver erro nas informações?

Em caso de erro nas informações, o contribuinte deve pedir um novo informe com os dados corrigidos antes de entregar a declaração. No entanto, caso o novo documento não seja entregue antes do fim do prazo da declaração, a orientação é preencher o Imposto de Renda com os números incorretos e depois fazer uma declaração retificadora

Aposentados e pensionistas 

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem acessar os informes de rendimentos consultando o extrato pela internet. O acesso é feito pela página do Meu INSS. É necessário ter senha para acessar o sistema. Além disso, outro meio de consulta é o aplicativo Meu INSS, disponível para celulares com sistema Android e iOS. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios