Egídio Serpa: previdência: 'o povo que se exploda'

Há um impasse dificultando a aprovação da Reforma da Previdência no prazo prometido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia: até o início do recesso parlamentar, em julho. Os governadores do Nordeste, todos de partidos de esquerda e todos adversários da gestão Bolsonaro, querem incluir na proposta os servidores estaduais, livrando-se do ônus que a Nova Previdência trará para os privilegiados de alguns segmentos do serviço público. Os deputados federais rejeitam a ideia e sugerem que cada Estado - com seu governador e seu legislativo - construa seu novo modelo previdenciário e enfrente o descontentamento do seu funcionalismo. Os governadores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, publicamente a favor da reforma, pressionam suas bancadas no Congresso a que votem a favor; os do Nordeste, que são contra a céu aberto e a favor só na intimidade, fazem o mesmo, mas sem sucesso até agora. Todos querem o melhor para o Brasil, mas alguns parecem envergonhados em trabalhar e posicionar-se nesse sentido. É que, antes do interesse nacional, está - como sempre esteve na vida do político - o interesse pessoal cujo foco prioritário é a próxima eleição. Como dizia o corrupto deputado Justo Veríssimo, personagem criado pelo genial Chico Anísio, "o povo que se exploda, eu quero é me arrumar".

Riomar

Novidade no Shopping RioMar, que abrirá, no próximo dia 25, mais um restaurante, o Camarada Camarão.

Imóveis

Informa o Itaú Unibanco: o número de contratações de crédito para o financiamento de imóveis no Ceará cresceu 65% no primeiro trimestre deste ano, mais do que o dobro do crescimento de toda a região Nordeste, que foi de 32%.

Pás eólicas

De janeiro a abril deste ano, o Ceará exportou o equivalente a US$ 64,9 milhões em pás para geradores de energia eólica. - alta de 891,6% em relação ao mesmo período de 2018. A informação é do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec). A movimentação dessa carga foi feita pelos equipamentos da empresa cearense Tecer Terminais, grande operadora do Porto do Pecém.

Hoje, às 9 horas, seis veículos da frota da Semace passam a circular movidos a gás natural renovável fornecido pela Cegás. Para isso, foram readaptados. A economia será equivalente a um tanque de gasolina por veículo por mês. A propósito: foi a Cegás a primeira no País a injetar em sua já extensa rede o GNR produzido do lixo.

Há um antigo esquema de fraudes no INSS. Ele vem desde o tempo em que uma Georgina de tal desviou para seu bolso mais de R$ 120 milhões. Dessa fraude, o Governo tomou ciência pelos jornais. Agora, desde ontem, há uma Lei, sancionada pelo presidente Bolsonaro, que visa combater e colocar na cadeia os fraudadores. Será?


Categorias Relacionadas