Egídio Serpa: Nordeste, é preciso renegociar a relação

Entre 2001 e 2009, a intermediação financeira entre o Nordeste e o Sudeste foi totalmente negativa para a região nordestina. Bem antes disso - havia 40 anos - o Nordeste, o Ceará no meio, tinha uma rede própria de bancos privados e públicos (quem não se lembra do BEC, do BIC, do Banorte, do Banco Popular, do Banco dos Exportadores, do Banco União e do Banco Mercantil?). Debruçado sobre fatos e números do passado e diante da realidade de hoje, o empresário Carlos Prado, vice-presidente eleito da Fiec, diz: "Ao longo dos últimos anos, o Nordeste vem financiando o Sudeste, mas sua imagem projetada é a de uma região dependente também nessa área. Nas relações comerciais, a situação é semelhante: o Nordeste mais compra do que vende ao Sudeste. Se quiser importar do estrangeiro, pagará mais caro ainda por causa da alta tributação e dos obstáculos burocráticos". Ele repete: "O Nordeste é uma colônia do próprio Brasil. O Nordeste e os nordestinos têm sido pacíficos". Lembrando o brado retumbante de D. Pedro, às margens plácidas do rio Ipiranga, Carlos Prado conclui: "É preciso renegociar com firmeza essa relação visando ao bem da região e à unidade nacional, sem interesses individuais que impeçam a solução ideal". Eis aí uma boa tese para o estudo e a reflexão da liderança política e empresarial do Nordeste.

Cachaça

Hoje, sexta-feira, 13, é o Dia da Cachaça. Para celebrá-lo, a multinacional britânica Diageo, dona da mais antiga cachaça do País - a Ypióca, abriu, no Shopping Iguatemi, uma loja pop-up para contar a história dessa bebida e para promover sua degustação. A promoção prosseguirá até domingo, 15.

Jumento

Boa notícia para o sertanejo nordestino: o Governo da China habilitou mais 25 frigoríficos brasileiros, que já podem exportar carnes para o consumo dos 1,4 bilhão de chineses. Entre os habilitados, está o da Nordeste Pecuária, Indústria e Comércio Ltda, da Bahia, que exportará carne de... Jumento ou asinino, cientificamente chamado de Equus asinus.

Supermercado

Hoje, a Avenida Monsenhor Tabosa e seu entorno - a Praia de Iracema no meio - ganham novo supermercado: o Pinheiro.

Apresentado por beto Studart, presidente da Fiec, em cujo 5º andar aconteceu o ato festivo, foi lançado ontem o livro "Movido por Ideias - a Arte de Empreender com Inovação", de autoria do presidente do Sindicato da Indústria Metalmecânica, Sampaio Filho. Esta coluna insiste: empreender no Brasil é uma tarefa muito difícil

Com todo o respeito a quem pensa o contrário, mas as ruas Canuto de Aguiar, Afonso Celso e D. Expedito Lopes foram transformadas em uma horrível buraqueira. Na primeira e na última, a situação é pior por causa de uma ciclofaixa que reduz a área de circulação dos autos, ampliando o problema e a irritação de quem mora nelas

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados