Egídio Serpa: calibrar o discurso

Legenda: Impulsionado pela mobilização de apoiadores nas ruas e internet, Bolsonaro superou a marca dos 30% de intenções de voto e se distanciou de Haddad
Foto: FOTO: AFP

Opinião de um grande empresário cearense, do setor da indústria: "O governador Camilo Santana não deve insistir no discurso de que está 'preparado para o pior', ao referir-se à próxima administração do presidente eleito Jair Bolsonaro". O industrial acrescenta que o Ceará é um Estado pobre e muito carente dos recursos nacionais para a execução de projetos estruturantes, como a duplicação do IV Anel Viário de Fortaleza, essencial à infraestrutura do transporte intermodal, pois liga os portos do Mucuripe e Pecém. O segundo exemplo é a Ferrovia Transnordestina; outro, o Projeto São Francisco de Integração de Bacias (foto). "A campanha eleitoral terminou, Camilo foi reeleito e agora tratará com Bolsonaro dos temas de interesse do Ceará, que devem estar acima dos interesses partidários e ideológicos", aconselha o empresário da construção civil.

Supermercados

Sem ligar para as gigantes multinacionais, mas vencendo essa concorrência na Capital e no Interior do Estado, as redes cearenses de supermercado seguem crescendo. O ranking das maiores - em número de lojas - está assim, pela ordem: Cometa, São Luiz, Center Box, Lagoa e Pinheiro. O Center Box, que nem constava da lista "Top 5", deu um salto e já chegou à 3ª posição.

No sebrae

Representando o Instituto Euvaldo Lodi, que integra o Sistema Fiec, André Siqueira, presidente do Sindicato da Indústria de Alimentos e do Centro Industrial do Ceará (CIC), foi eleito para compor o Conselho Deliberativo do Sebrae-Ceará.

Olho no panga

Amanhã, às 8 horas, no auditório do Sebrae, a Secretaria de Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa) promoverá um seminário sobre a criação do Panga, peixe asiático já adaptado ao clima brasileiro. É um peixe que produz até 50% de filé, como a Tilápia, porém mais rentável pela facilidade de produzir, diz o titular da Seapa, Euvaldo Bringel. O seminário juntará técnicos, piscicultores, estudantes e interessados em investir na pesca em cativeiro.

Modesto

Tarcísio Gomes de Freitas, futuro ministro de Infraestrutura, é um especialista na área. Mas um detalhe pessoal chama a atenção: depois de dois anos no Dnit, ele continua morando em um apartamento de três quartos em Águas Claras, cidade satélite de Brasília.

O BNB e o sol

Cresce o número de pessoas físicas e jurídicas que investem na autogeração de energia solar. Por isto, o BNB, de olho nos condomínios residenciais verticais e horizontais, ampliou a linha de financiamento de micro, mini e pequenos projetos de geração solar, usando para isso o seu programa FNE Sol. Poderão ser financiados até 100% do projeto. Prazo de pagamento de até oito anos e carência de seis meses. Os custos de instalação desses projetos caíram 30% nos últimos 24 meses.

Coloridos

Cresce a produção de pimentões coloridos produzidos pela Itaueira Agropecuária em sua fazenda na Serra da Ibiapaba. A produção é feita sob estufas, o que dispensa o uso de defensivos químicos. Toda a produção de pimentões da marca "Rei", da Itaueira, é comercializada para as grandes redes brasileiras de supermercados, incluindo as do Sudeste do País, informa seu diretor de produção, o gaúcho Paulo Selbach.

Sem frutas

Por que a Fraport, empresa alemã que administra o Aeroporto Pinto Martins, não permite a instalação de boxes para a venda de frutas - como banana e melão? Os alemães da Fraport deixam que se vendam chopes artesanais, algo que "passarinho não bebe", como diz a publicidade do boxe, mas proíbem a venda no local de alimentos saudáveis, como frutas.

No prejuízo

Até 2012, a Chesf dava lucro. Aí, a presidente Dilma Rousseff, por decreto, barateou o preço da energia. A Chesf, em março deste ano, vendia o MWh por R$ 9, enquanto outras empresas do setor vendiam-na por até cinco vezes mais.


Assuntos Relacionados