Egídio Serpa: Bolsonaro, estado de dúvida

Vice-presidente de Investimentos do Grupo M. Dias Branco, Geraldo Luciano Matos Júnior falou, quarta-feira à noite, na Fiec, para um auditório lotado. Tema: "2019, o que esperar - Cenários e Tendências". Em resumo, disse ele: 1) Uma fábrica de baterias para automóveis tem futuro nenhum, em face da aproximação dos carros elétricos com sua alta tecnologia; 2) Diante das exigências do novo mercado de trabalho, as empresas precisam rever todo o seu setor de Recursos Humanos para contratar, demitir, promover, avaliar, remunerar e aposentar seu pessoal; 3) A tecnologia extingue profissões em alta velocidade e cria outras para as quais a juventude brasileira não está sendo preparada; 4) Além das reformas estruturantes, como a da Previdência, o Governo Bolsonaro precisa desburocratizar a máquina pública, simplificar os procedimentos tributários, promover a inovação e a pesquisa, com o que facilitará a vida das empresas; 4) O Governo FHC foi bom para a macroeconomia, e os do PT fizeram o resgate da antiga dívida social, mas decepcionaram nas questões ética e moral; 5) Se mantém no "estado de dúvida" sobre a capacidade de Bolsonaro negociar com o Congresso a aprovação das reformas.

Nas alturas

Foram iniciadas as obras de construção do One, um edifício residencial de 50 andares, que a Construtora Colmeia fincará na margem direita do Riacho Maceió, na Avenida Beira-Mar. Dos 50 apartamentos de 612 m² - um por andar - 42 já foram vendidos. Quem os comprou? "Empresários cearenses", responde Otacílio Valente, sócio e diretor da empresa. O One estará pronto dentro de cinco anos, ele acrescenta.

PMF digital

Águeda Muniz, secretária de Urbanismo e Meio Ambiente da PMF, revela: 90% do licenciamento na área municipal de Fortaleza - incluindo os alvarás de funcionamento - já são feitos pelo modo digital. "Tudo em 30 minutos", diz ela. Esse sistema, desenvolvido pela Seuma e pela Sefin, será apresentado, hoje, ao prefeito Roberto Cláudio.

Aquário

Promete o secretário de Turismo, Arialdo Pinho: em 180 dias, serão retomadas as obras do Aquário de Fortaleza.


Assuntos Relacionados