Dólar recua 0,55% e fecha no menor patamar em três meses

A moeda norte-americana caiu pelo sexto pregão consecutivo e, no período, acumula baixa de 1,93%

Escrito por Redação Diário do Nordeste,

Negócios

Após o governo ter conseguido avançar com sua pauta econômica no Congresso Nacional na véspera, o dólar retornou hoje (6) aos R$ 3,1021, renovando o menor patamar desde 16 de maio, quando marcou R$ 3,0955.

A moeda norte-americana recuou 0,55%, caindo pelo sexto pregão consecutivo. Nas seis sessões, o dólar acumula baixa de 1,93%. Na mínima de hoje, marcou R$ 3,1017. O dólar futuro tinha queda de cerca de 0,50% no fim desta tarde.

O dólar teve um dia estável ante uma cesta de moedas, mas registrava forte queda ante divisas de países emergentes.

O Banco Central segue sem anunciar qualquer intervenção no mercado de câmbio. No mês que vem, vencem US$ 9,975 bilhões em swaps cambiais tradicionais, que equivalem à venda futura de dólares.