Decon aponta variação de até 135,7% nos preços de produtos antes da Black Friday

Foram analisados os preços de três produtos distintos em 10 categorias

Legenda: Black Friday atrai consumidores para lojas físicas e online em busca de descontos vantajosos
Foto: Foto: José Leomar

Pesquisar atentamente os preços de produtos antes de partir para as compras da Black Friday pode resultar em uma economia considerável. O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), por meio do Ministério Público do Ceará (MPCE), analisou três produtos distindos em 10 categorias no e-commerce. A busca aponta que o consumidor pode economizar até 135,7% nas compras se estiver atento aos preços.

É o caso de um microondas. De acordo com a pesquisa do Procon, o item da mesma marca e modelo foi encontrado a R$ 419,89 na loja online mais barata e a R$ 989,90 na mais cara, diferença de 135,75%. Outros itens com variações expressivas no levantamento são os televisores e caixas de som. O levantamento completo pode ser conferido aqui.

O levantamento foi realizado em seis sites do e-commerce mais utilizados pelos consumidores para compras online, de acordo com o MPCE. O órgão frisa que dúvidas e denúncias podem ser esclarecidas ou registradas anonimamente no Decon, que localiza-se à Rua Barão de Aratanha, 100, Centro de Fortaleza, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, pelo telefone (85) 3452-4505 ou no site www.mpce.mp.br/decon. No interior do Estado, o Programa possui unidades em Juazeiro do Norte, Sobral, Maracanaú, Crato, dentre outras.

Na avaliação da promotora de Justiça Ann Celly Sampaio, secretária-executiva do órgão do Ministério Público do Ceará (MPCE), "a pesquisa evidencia que a oferta dos itens consultados está bastante equilibrada entre as lojas virtuais pesquisadas, possibilitando ao consumidor escolher onde comprar conforme a sua preferência, embora exista uma oscilação de preços entre os itens disponibilizados".


Assuntos Relacionados