Costa Cruzeiros amplia suspensão temporária de operações globais até 30 de maio

O cliente poderá utilizar o valor pago como crédito até o dia 31 de março de 2021

Legenda: Navio Costa Luminosa
Foto: Foto: Costa Cruzeiros/Divulgação

A Costa Cruzeiros ampliou a pausa voluntária de seus cruzeiros até o dia 30 de maio. Devido à prolongada situação de emergência ligada à pandemia global do novo coronavírus (Covid-19) e à continuidade das medidas de contenção como o fechamento de portos e restrições à circulação de pessoas, e que, na verdade, não permitem operar, a Costa Cruzeiros está estendendo a suspensão de suas atividades para o mês de maio deste ano. 

> Governo Federal libera saque de R$ 1.045 do FGTS por trabalhador a partir de 15 de junho

> Auxílio emergencial: Situação cadastral do CPF pode ser verificada pela internet

> Caixa lança site de cadastro para recebimento do Auxílio Emergencial

> População mais vulnerável não poderá sacar imediatamente auxílio de R$ 600

> Calendário de saques, inscrições e condições: veja o que já se sabe sobre o auxílio emergencial

> INSS libera envio de atestado de auxílio-doença e antecipa pagamento de R$ 1.045

Segundo a assessoria de imprensa da Costa Cruzeiros, a empresa está informando as agências de viagens e os clientes afetados pelas alterações. 

O cliente poderá utilizar o valor pago como crédito até o dia 31 de março de 2021 para assim agendar um novo cruzeiro com embarque até 30 de novembro de 2021. Além disso, ele recebe um crédito, a ser utilizado a bordo, no valor de:

Para cruzeiros de 1 a 5 noites: R$ 400 por cabine

Para cruzeiros de 6 a 9 noites: R$ 800 por cabine

Para cruzeiros acima de 10 noites: R$ 1200 por cabine