Cooperação é a palavra-chave do turismo, diz presidente da ABBTUR

Desenvolvimento do setor envolve outros segmentos que estão diretamente ligados ao turismo

Legenda: Fortaleza é sede do Congresso Brasileiro de Turismo
Foto: Foto: JL Rosa

Cooperação é a palavra-chave para o momento atual do turismo cearense e brasileiro. Para o presidente da Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo (ABBTUR Nacional), Elzário Pereira Júnior, é importante a junção de forças de entidades do setor e de segmentos paralelos para o desenvolvimento do turismo ocorrer. 

"Eu vejo que esse é o momento para isso. O turismo é muito intersetorial, depende da questão do meio ambiente, da questão da segurança pública, das questões empresariais, industriais, comerciais locais. Então o turismo é multisetorial nesse sentido da sua intersetorialidade e se não houver cooperação as coisas não caminham". 

Segundo ele, o desenvolvimento do setor envolve outros segmentos que estão diretamente ligados ao turismo. "Há de se procurar melhor o fortalecimento das questões intersetoriais para não ficar somente entre as entidades do turismo", completa. 

"A gente está buscando cada vez mais a questão da valorização da nossa profissão. Nós somos muito cerceados por profissionais de outras áreas que não têm qualificação no turismo e acham que entendem no turismo, de planejamento e gestão turística", acrescenta o presidente da ABBTUR.

De acordo com ele, um dos desafios para a profissão é conquistar o reconhecimento.

"Nós já temos uma lei que reconhece os turismólogos no Brasil. Mas também que a gente avance no detalhamento jurídico dessa lei e na conquista do nosso Conselho Federal do Turismo. Nós já pleiteamos desde 2016 junto ao Poder Executivo o nosso conselho, uma vez que temos uma profissão e temos a necessidade de fazer a fiscalização da atividade profissional", diz.

Congresso

Pereira Júnior participa, de 3 a 5 de outubro, do 29º Congresso Brasileiro de Turismo e I CBTuris 2019 (I Congresso Brasileiro de Turismólogos e Profissionais de Turismo), em Fortaleza. O evento terá como tema central "Turismólogo, profissão de interesse público e o compromisso com a Agenda 2030 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável". 

Serão discutidos temas que representam os interesses profissionais, assim como a colaboração dos turismólogos na prevenção da saúde da coletividade, na preservação do patrimônio material e imaterial, bem como ser profissionalmente instrumento de fortalecimento do desenvolvimento sustentável e ressaltando o compromisso desses profissionais com a Agenda 2030 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.


Assuntos Relacionados