Contra privatização da Petrobras, funcionários bloqueiam BR-304

Petroleiros entrarão em greve do dia 1º ao dia 5 de agosto

A BR-304 foi bloqueada entre 8h e 10h30 da manhã desta terça-feira (26), na entrada do município de Icapuí, a aproximadamente 202 km de Fortaleza. Em protesto contra a privatização da Petrobras, cerca de 200 funcionários e terceirizados da estatal pararam a rodovia, provocando congestionamento de um quilômetro.

Segundo o Sindicato dos Petroleiros do Ceará (Sindipetro), o movimento se deu devido a venda dos campos terrestres da companhia e aconteceu em conjunto com outros estados onde estão localizados outros campos terrestres da Petrobras, como Bahia, Rio Grande do Norte e Espírito Santo. Os petroleiros desses campos terrestres entrarão em greve no dia 1º de agosto e permanecerão até o dia 5 do mesmo mês.

> Petrobras abrirá PDV para reduzir quadro de pessoal de empresas à venda

A entrada do posto da Petrobras, entre os municípios de Icapuí e Aracati, também foi bloqueada. A venda de ativos, vista como crucial para melhorar as finanças da estatal - que abrirá novo PDV (Programa de Demissão Voluntária) para reduzir quadro de funcionários de empresas à venda -, despertou fortes reações contrárias dos trabalhadores.