Confira 10 passos para ir à farmácia durante a pandemia

Para diminuir os riscos de contaminação do coronavírus, a ida para estabelecimentos de serviços essenciais exige muito cuidado. Veja como ir à farmácia

Legenda: Caso o consumidor precise ir à farmácia, é necessário cuidado com a formação de filas e no instante do pagamento, no interior das lojas
Foto: Foto: Kid Júnior

“Exaustivas, diárias e contínuas”, é assim que o Dr. Fred Arnaud, diretor da Associação Brasileira de Medicina de Emergência, caracteriza as medidas de segurança que devem ser adotadas ao sair de casa durante a pandemia do Covid-19. O Sistema Verdes Mares produziu um guia de como ir e vir de lugares essenciais e diminuir os riscos de contaminação, segundo orientações do especialista.

Acompanhe o passo a passo para ir à farmácia

1. Utilizar sapatos fechados

Não há restrições na hora de escolher a roupa, mas é contraindicado o uso de sandálias. O calçado expõe mais os pés.  

2. Higienizar as mãos antes de sair de casa 

Se possível, disponibilizar álcool em gel perto da porta. 

3. Usar o cotovelo para chamar o elevador ou empurrar o portão

Quando apertar o botão do elevador, usar o cotovelo e depois abrir a porta com o pé. Em termos gerais, a indicação é evitar tocar em qualquer superfície e, ao tocar, higienizar o mais rápido possível as mãos.

4. Cuidado ao usar serviço de transporte por aplicativo

A contaminação acontece no contato, o vírus está nas superfícies. Então, estiver com a mão contaminada e pegar no trinco da porta, há risco de contágio. Portanto, após abrir a porta do carro é fundamental higienizar as mãos. 

5. Ao chegar na farmácia 

Alguns estabelecimentos já estão controlando o fluxo de pessoas na parte interna. Caso isso não aconteça, é importante observar como está a movimentação e, se for o caso, esperar um pouco antes de entrar ou escolher outra farmácia.

6. Filas 

É comum enfrentar filas em farmácias, tanto para o atendimento, quanto para caixa. Nessas situações, o distanciamento social deve ser preservado e, caso seja necessário entrar em contato com alguma outra pessoa, é aconselhável o uso de máscaras.

7. Pagamento 

Em alguns lugares, já é possível pagar sem contato, quando o cliente aproxima o cartão da maquineta e o pagamento é realizado. Caso não seja possível, pode-se utilizar o cartão de crédito da maneira convencional e higienizar as mãos após usar o teclado para digitar a senha.

Em último caso, se for necessário receber dinheiro em espécie, as cédulas devem ser guardadas em um lugar de difícil acesso e as mãos novamente higienizadas.

8. Volta pra casa

É aconselhável manter um local fora da casa para deixar os calçados. Na entrada, deve haver um pano umedecido com hipoclorito, para limpar os pés e se dirigir imediatamente ao banheiro, onde as roupas devem ser postas em uma sacola plástica e lavadas.

9. Cuidado com os cabelos

É recomendado aplicar o shampoo ou detergente com o cabelo ainda seco e espalhar para a face e pescoço, que são as áreas mais expostas. Após tirar a substância, pode lavar normalmente. Sair com os cabelos presos ou soltos não faz diferença 

10. Cuidado com os produtos 

As compras trazidas da rua precisam ser deixadas do lado de fora da casa. A higienização dos itens pode ser feita com álcool 70% e as sacolas plásticas devem ser descartadas.