Como funciona o seguro de carro contra enchentes? Tire dúvidas

No Ceará, a quadra chuvosa se inicia em fevereiro. É preciso atenção ao que é disponibilizado pelas empresas seguradoras

Escrito por Redação,

Negócios
Carros
Legenda: Em caso de enchente, a orientação é esperar que a água retroceda para acionar o seguro
Foto: Fabiane de Paula

Com a aproximação da quadra chuvosa no Ceará — em fevereiro —, há possibilidade de enchentes nas cidades. Dessa forma, muitos prejuízos materiais podem ser causados, tanto às casas quanto aos veículos. 

Por isso, é preciso ficar atento ao que é disponibilizado pelos seguros de carros após danos causados por desastres naturais. Tire dúvidas abaixo.

Os seguros de carros cobrem danos causados por desastres naturais?

Sim, as seguradoras cobrem os danos causados pelas chuvas nos chamados “seguros compreensivos”. Esta cobertura é a mais frequente e garante indenização no caso de prejuízos causados por enchente, aguaceiro e tromba d’água, incluindo queda de árvores e de outros objetos que danifiquem o veículo. As informações são da CNN.

Posso perder o seguro se eu forçar a passagem em lugar alagado?

Sim. Mesmo que o seguro tenha cobertura para acidentes com chuva, o motorista não deve assumir o risco do sinistro. Afinal, isso pode resultar em uma eventual recusa de indenização. Um exemplo disso é quando o motorista força a passagem mesmo vendo que um lugar está alagado.

Desta forma, vale se atentar a orientação dos órgãos públicos: motoristas e passageiros devem sair do carro, salvar suas vidas e deixar o veículo no local.

Caso ele seja carregado pela correnteza, o seguro vai indenizar. Caso o motorista forçe a passagem, os técnicos da seguradora podem perceber na hora da inspeção.

As peças e os acessórios automotivos originais estão incluídos na cobertura do seguro?

Sim. Todas as peças e acessórios automotivos originais de fábrica estão incluídos na cobertura do seguro. Vale lembrar que estes detalhes precisam constar na nota fiscal do veículo. 

Qual a diferença entre enchente e inundação?

Chuvas e temporais se enquadram na cobertura de alagamentos, já a de inundação é basicamente para o transbordamento de rios.

Geralmente, os seguros não preveem cobertura para inundações, sendo possível incluir esse serviço adicional durante a contratação.

E o que fazer em caso de enchente? 

Em caso de enchente, a orientação é esperar que a água retroceda para acionar o seguro. As empresas mantêm atendimento 24 horas aos consumidores.

Após o contato, a seguradora vai enviar técnicos ao local para que verifiquem a situação e prossigam com as providências. A seguradora vai avaliar a situação e definir pela reparação do veículo ou por decretar a perda total.

Geralmente, nos casos em que a soma do estrago for maior que 75% do valor do seguro deve acontecer a indenização integral. Além disso, é de responsabilidade do segurado arcar com o pagamento da franquia do seguro.


Mario Mesquita

Comércio exterior do Nordeste

Mario Mesquita
26 de Maio de 2022