Com apoio do Sebrae, negócios dão a volta por cima na retomada econômica

Conheça a história de como o salão Meraki, em Fortaleza, reestruturou o negócio para superar a crise

Legenda: Salão de beleza: setor foi um dos mais atingidos pela pandemia
Foto: Divulgação

Em 2020, quando a pandemia começou, ninguém imaginava quanto tempo teria que esperar para que tudo voltasse ao normal. A nova realidade, imposta pela rápida proliferação do vírus, obrigou muitos empreendedores a pararem suas atividades por um período maior do que o esperado. “Ficamos quase quatro meses fechados sem faturar e sem saber o que iríamos fazer”, recorda Camila de Paula, sócia-administradora do salão de beleza Meraki (@meraki_fortaleza). 

Idealizado pelo cabeleireiro irlandês Keith Harris, o salão Meraki existe desde 2015 em Fortaleza. Além de atuar com serviços de cabeleireiro, a empresa também promove formação de profissionais. Mas com a pandemia e a paralização das atividades, o setor foi um dos mais atingidos pela crise. 

Para conseguir manter o negócio, Camila conta que foi preciso renegociar dívidas com fornecedores e aluguel com a imobiliária. “Também mantemos todos os nossos funcionários e criamos campanhas de vale-corte para que pudéssemos dar uma ajuda de custo para a equipe”, afirma a gestora. 

Quando chegou a hora de dar a volta por cima, na retomada econômica, a administradora do salão sentiu que precisava reestruturar o negócio. “Eu tinha que organizar melhor a parte financeira, aprimorar mais a gestão de pessoas, ter planejamento para criar estratégias numa possível pausa e gerar um ambiente seguro e de constante crescimento para a equipe”, conta Camila. 

Além da parte estrutural da empresa, o relacionamento com o cliente também precisava ser aprimorado. “Passamos muito tempo isolados e com restrições e, hoje, além de querermos consumir um serviço de qualidade, queremos ter experiências que promovam bem-estar e leveza”, avalia a administradora. 

Legenda: Camila de Paula e Keith Harris, gestores do Meraki Fortaleza
Foto: Acervo pessoal

Ajuda na hora certa 

Em cenário de crise, a visão de quem está de fora pode salvar o negócio. Com ajuda do Sebrae, por meio do programa Volta por Cima, vários empreendedores cearenses estão tendo acesso a apoio técnico para as empresas. “Através das consultorias, eu pude ter acesso a profissionais que tinham uma visão externa do negócio e que traziam soluções adequadas para as questões do momento. Quando se tem um pequeno negócio, você tende a se concentrar apenas nos detalhes do dia a dia e acaba perdendo a visão do todo”, considera Camila. 

Para ela, as consultorias ajudaram a ter clareza sobre a situação real da empresa, o que já tinha sido conquistado e o que era preciso ser feito para continuar crescendo dentro do mercado. Além de diagnosticar os principais problemas, a gestora do Meraki recebeu orientação para um plano de ação e teve acesso a outros negócios do setor de beleza com quem pode compartilhar dificuldades e experiências do momento atual. 

Como observa Pedro Silva, Articulador do Sebrae em Fortaleza e Região Metropolitana, no momento de retomada da economia, as empresas se deparam com diversas oportunidades e precisam estar preparadas para não as deixar escapar. “Ter uma gestão profissional e uma empresa organizada é fundamental para atender as necessidades dos clientes, melhorar seus resultados, se diferenciar no mercado. Esse é o grande desafio”, salienta. 

Volta por cima 

Os empreendedores que estão buscando se reinventar nessa retomada econômica podem contar com o apoio do Sebrae por meio do programa Volta por Cima. “O programa possui diversas possibilidades de atendimento ao empreendedor, dentre elas, participar de capacitações remotas de pequena duração ou de consultorias de acompanhamento de até quatro meses. O importante é que este empreendedor identifique qual a maior necessidade do seu negócio neste momento – vender mais, atrair mais clientes, organizar suas finanças ou planejar uma tomada de credito – e fazer sua inscrição nas soluções gratuitas, pois possuem vagas limitadas. 

Para ter acesso ao programa, os interessados devem acessar o site http://voltaporcimasebrae.com.br/. Usando o cupom de desconto SEBRAE100, terão acesso a soluções exclusivas para saber como atrair clientes, vender mais, organizar as finanças e ter acesso ao crédito, com 100% de desconto.  

Mais informações:  

Sebrae-CE
0800-570-0800 (ligação gratuita)
www.ce.sebrae.com.br 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados