Ceará deve ter ocupação hoteleira de 88% no feriado da Proclamação da República

Fortaleza é o quinto destino nacional mais buscado para o feriadão

A taxa de ocupação hoteleira no Ceará deve chegar a 87,8% para este feriado de 15 de novembro. O levantamento foi da Secretaria do Turismo do Estado. A demanda turística por acomodações, que teve uma variação de 16% em relação ao ano de 2017, deve gerar uma receita de mais de R$ 94 milhões ao setor. A capital Fortaleza é o quinto destino nacional mais buscado para o feriado da Proclamação da República, conforme levantamento da plataforma Kayak.
 
Jericoacoara é o principal destino do Estado. A praia é conhecida e considerada como uma das mais belas do mundo, com mais de 94% de ocupação.

Trairi, Praia das Fontes/ Morro Branco e Cumbuco também são destinos com mais de 90% de ocupação hoteleira para este feriadão. Além das praias, outro destino que ocupa a preferência dos turistas é a serra de Guaramiranga com 85% das acomodações. As praias de Porto das Dunas/Prainha, Canoa Quebrada e Camocim também figuram entre destinos turísticos de preferência, atingindo mais de 80% de ocupação hoteleira.
 
Fortaleza
 
A Capital cearense é o quinto destino nacional mais buscado para o feriado da Proclamação da República, segundo a plataforma Kayak.
 
Segundo a CVC, maior operadora de turismo da América Latina, os pacotes mais procurados (73%) envolvem destinos de praias da Região Nordeste, como Fortaleza(CE), Porto Seguro (BA), Maceió (AL), Salvador(BA) e Porto de Galinhas (PE). Destinos bem conhecidos  de outras regiões também foram apontados na pesquisa, como Balneário Camboriú (SC), Foz do Iguaçu (PR) e Rio de Janeiro entre as opções preferidas do viajante.
 
Segundo a análise realizada pela Decolar, boa parte dos viajantes conseguirão emendar o descanso, estendendo o feriado até 20 de novembro. Neste cenário, Fortaleza também está entre os destinos prediletos, ao lado do Rio de Janeiro, Buenos Aires e Orlando.

Agregados turísticos: (Feriado - 15 de novembro de 2018) (%)

Taxa de ocupação hoteleira: 87,8
Demanda hoteleira (Fortaleza): 37.7
Demanda turística no Ceará (via Fortaleza): 69.820
Oferta hoteleira (UHs): 11.830
Receita turística (R$ milhões): 94,3
Renda gerada (R$ milhões): 164,9

Fonte: Setur

Categorias

Fortaleza (média): 87,7

Hotéis - 90,49%
Pousadas 72,91%
Flats  - 90,85%
Albergues - 74,75%

Principais destinos - 88,87%

Canoa Quebrada: 84,16%
Camocim: 80,50%
Cumbuco: 91,52%
Jijoca de Jericoacoara: 94,62%
Porto das Dunas/Prainha: 88,86%
Praia das Fontes/Morro Branco: 92,97%
Trairi: 93,20% 
Guaramiranga: 85,14%


 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios