'BR do Mar' pode perder urgência na Câmara dos Deputados

A proposta foi encaminhada pelo Executivo em meados de agosto para que fosse votada em 45 dias

Legenda: A expectativa é de que a medida seja aprovada até o final do ano
Foto: Arquivo

Aposta do governo para incentivar o transporte de cabotagem (navegação costeira entre portos brasileiros), o projeto de lei conhecido como BR do Mar deve perder o status de urgência na Câmara dos Deputados. A proposta foi encaminhada pelo Executivo em meados de agosto com essa condição, ou seja, se não for votada em 45 dias pelos deputados, passa a trancar a pauta legislativa. O prazo final acaba amanhã, mas o projeto ainda não tem nem relator.

Mesmo diante desse cenário, o martelo sobre a retirada do pedido de urgência ainda será batido. “Há a sensibilidade do governo em não gerar mal estar com o Congresso, entretanto ainda não há consenso quanto a retirada”, disse o secretário nacional de Portos do Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni.

Principal responsável pelo texto - desenhado desde o ano passado -, o Ministério da Infraestrutura não entende a situação como uma derrota. A avaliação é de que as discussões sobre o projeto estão caminhando, com expectativa de aprovação pelas duas Casas até o fim do ano.

Para auxiliares do ministro Tarcísio de Freitas, foi a própria dinâmica do Parlamento - com votações de enfrentamento à covid, além do calendário das eleições municipais - que impactou no andamento do projeto.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados