BC vê crescimento gradual da economia do País, diz Campos Neto

De acordo com o presidente do Banco Central, o canal do crédito está saudável e o varejo e os serviços estão um pouco melhores

Legenda: o analisar as condições atuais, ele comentou que o investimento privado vem crescendo de forma sustentável
Foto: Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou na noite desta quarta-feira (12), em entrevista que a autarquia vê o cenário de crescimento da economia brasileira de modo gradual, com movimentos distintos em relação às variáveis. Ele afirmou que o canal do crédito está saudável e que o varejo e os serviços estão um pouco melhores. Campos Neto admitiu, porém, que a indústria "está sofrendo mais".

"Falamos desde o começo que o crescimento seria mais gradual. É como se tivesse duas turbinas, com a pública diminuindo e a privada compensando", afirmou, ao ressaltar que o BC trabalha com um crescimento em torno de 2%.

Ao analisar as condições atuais, ele comentou que o investimento privado vem crescendo de forma sustentável. Ao arriscar uma projeção adiante, Campos Neto disse que o BC acredita que o lado público vai estabilizar e o privado, "começar a decolar".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios