Azul injeta US$ 100 mi na TAP e passa a deter 40% da companhia

O aporte na portuguesa foi um requisito do acordo entre a Azul e o conglomerado chinês HNA Group.

Escrito por Redação Diário do Nordeste,

Negócios

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras acaba de investir aproximadamente US$ 100 milhões em títulos conversíveis em ações preferenciais da TAP Portugal. Assim, a companhia brasileira terá direito de deter aproximadamente 40% do valor econômico da aérea portuguesa na ocasião da conversão do título e depois da aprovação da Autoridade Nacional de Aviação Civil de Portugal.

O aporte na portuguesa foi um requisito do acordo entre a Azul e o conglomerado chinês HNA Group, acionista da Azul com 23,7% do valor econômico da companhia. O investimento na TAP decorre desse acordo, de US$ 450 milhões, fechado no fim de 2015.

Em nota, a Azul afirmou que o investimento fortalece os interesses comuns entre a companhia, a TAP e o HNA Group, além de abrir espaço para maior exploração de acordos comerciais, negociações conjuntas, parcerias para otimização de frota e oportunidades de trabalho e de carreira para os tripulantes.