Atual governo não vê relevância no setor industrial, diz ex-presidente do Iedi

Para ele, também o preocupa o atual momento do BNDES, que teria um papel importante a cumprir no financiamento ao investimento,

Legenda: "O atual governo não vê relevância no setor industrial, não vê relevância no imposto já que é o setor que mais, porcentualmente contribui para os impostos no Brasil, para o emprego qualificado, na geração de valor e exportação", comentou o ex-presidente do Iedi

O ex-presidente do Instituto de Estudo para o Desenvolvimento da Indústria (Iedi) Pedro Wongtschowski disse nesta segunda-feira (9) que, aparentemente, o atual governo não vê relevância no setor industrial.

"O atual governo não vê relevância no setor industrial, não vê relevância no imposto já que é o setor que mais, porcentualmente contribui para os impostos no Brasil, para o emprego qualificado, na geração de valor e exportação", comentou o ex-presidente do Iedi, durante participação no 16º Fórum de Economia, da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Para ele, também o preocupa o atual momento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que teria um papel importante a cumprir no financiamento ao investimento, à inovação, à exportação, às pequenas e médias empresas, à modernização do parque industrial brasileiro e, especialmente, à infraestrutura e do processo de privatização.

"Então, o enfraquecimento crescente do BNDES deve ser uma preocupação", disse Wongtschowski.


Categorias Relacionadas