Aneel garante que não haverá cortes de energia durante crise, diz governador

Informação foi repassada durante transmissão ao vivo pelas redes sociais. Camilo Santana informou que isso garante o fornecimento de energia mesmo que as famílias não consigam honrar com os pagamentos durante a crise do coronavírus

Legenda: O governador do Estado disse que a Agência deverá publicar uma resolução sobre o assunto já nos próximos dias. 
Foto: Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) garantiu à Enel Distribuição Ceará que não haverá cortes de energia para as famílias de baixa renda no Estado. A informação foi anunciada pelo governador Camilo Santana durante transmissão ao vivo pelo Facebook. 

Segundo Camilo, isso garante que as famílias mais pobres não tenham o fornecimento de energia cortado durante o período de crise imposto pelo novo coronavírus. A Aneel teria se comprometido não cortar a energia mesmo que as famílias de baixa renda não consigam honra com os pagamentos nesse momento de crise. 

. Oficinas, indústrias têxteis e mais empresas no Ceará são liberadas para funcionar; confira lista

. Petrobras reduz preço da gasolina em 15% nas refinarias a partir desta quarta

. Bolsonaro recua e permite que estados estabeleçam critérios para restringir estradas

O governador do Estado disse que a Agência deverá publicar uma resolução sobre o assunto já nos próximos dias. 

"É uma preocupação nossa com as famílias mais pobres e mais vulneráveis do Estado, e isso garante o fornecimento de energia", disse Camilo. 

O governador ainda disse que enviou um ofício à Aneel pedindo que a cobrança das contas de luz para as famílias mais pobres seja suspensa. O Estado ainda aguarda resposta da Agência.

A Enel, por sua vez, anunciou que irá implantar de imadiato as medidas anunciadas pela Aneel como a suspensão do corte no fornecimento de energia elétrica aos consumidores residenciais (rurais e urbanos) e serviços essenciais durante os próximos 90 dias.  A decisão não inclui grandes clientes, como indústrias e comércios.

Para reduzir a circulação de pessoas, a Aneel autorizou ainda a emissão da conta de energia pela média do consumo dos últimos 12 meses. Nos casos em que o procedimento for adotado, não serão alteradas as datas de vencimento das contas. 

"A Enel Brasil reitera a importância de que os consumidores com condições de manter as contas em dia continuem realizando o pagamento.  Os clientes podem acessar os meios eletrônicos, como débito automático e internet banking. A empresa também reforçou o atendimento em todos os seus canais digitais para que os clientes possam entrar em contato com suas respectivas distribuidoras", informou a Enel.