Zoo: Girafa nasce nos arredores de Paris e encontra o amor materno no cativeiro

A apenas 6,7 km do centro da capital francesa, veterinários acompanham o apego entre mãe e filhote

Legenda: Girafinha de dois dias é exibida em zoo nos arredores de Paris
Foto: Foto: AFP

Até o século 12, Vincennes era uma região de floresta, a leste de Paris, onde viveram os reis Merovíngios (400-755). A 6,7 km do centro da capital francesa, a cidade cresceu muito e hoje é uma das áreas mais populosas dos arredores da Cidade Luz. Nesta sexta (5), Vincennes atraiu a imprensa por um motivo inusitavo: um bebê girafa nasceu e, há dois dias, as cenas de chamego entre mãe e filho chamam atenção no zoológico de Vincennes.

>Zoo da Alemanha exibe filhotes de suricatos; veja imagens
>Dois filhotes de leões brancos são exibidos ao público pela 1ª vez
>Pinguim albino chega a zoológico e sofre rejeição do bando

>Suricates aproveitam início da primavera para tomar sol na Alemanha
>Preguiça mais velha do mundo completa 50 anos
 

Legenda: Mamífero ruminante, a girafinha já fica em pé no segundo dia de vida
Foto: Foto: AFP

Girafas são mamíferos, ruminantes, famosas por sua altura, por suas pernas e pescoços longos. Os machos medem até 5 metros de altura. Tanta altura assim tem um custo: esses mamíferos originários da África precisam comer muitos galhos e passam quase o dia inteiro se alimentando.

Legenda: Mamãe girafa lambe sua cria com muito amor e carinho
Foto: Foto: AFP

O zoológico de Vincennes mantém as girafas em cativeiro. Mesmo não estando no habitat natural, é possível ver os primeiros dias da girafinha, uma festa para visitantes, mas um momento de estudo para tratadores e veterinários. Já com dois dias de vida, o filhote já fica em pé e mama. A troca de carinho entre os dois prova os cuidados do instinto materno. 

Legenda: Filhote de girafa vive em cativeiro em zoo nos arredores de Paris
Foto: Foto: AFP

É evidente que o cativeiro não reproduz as condições ideais de vida do habitat natural. E é por isso que os zoológicos são criticados por muitos conservacionistas, que consideram esses espaços um espaço inadequado para espécies da vida selvagem. Em Vincennes, realmente nada lembra da savana africana. Apesar do seu tamanho, a girafa pode alcançar a velocidade de 56 km/h, suficiente para fugir de seus predadores. Nos arredores de Paris, isso é impossível mesmo para um bebê girafa.

Legenda: Uma girafa pode, na fase adulta, alcançar 5 metros de altura
Foto: Foto: AFP