União Europeia exclui Brasil de lista de 14 países "seguros" com permissão de entrada de visitantes

EUA e China também ficaram de fora da seleção feita pelo bloco europeu

Legenda: Cidadã da Tunísia exibe passaporte, que permite entrada na União Europeia
Foto: AFP

A União Europeia excluiu o Brasil da lista de 14 países considerados "seguros", considerando o controle da pandemia da Covid-19,  para autorizar o ingresso de seus cidadãos em seu território a partir de 1º de julho, à medida que reabrir suas fronteiras aos países de fora para reativar o turismo. Isso significa que o bloco poderá impedir a entrada de turistas brasileiros. 

Além do Brasil, EUA e China também ficaram de fora da lista. Entre os países "seguros", estão Austrália, Canadá, Japão, Marrocos e Coreia do Sul.

Completam a lista de países "seguros" a Argélia, Georgia, Montenegro, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

Os Estados Unidos são o país com o maior número de casos de coronavírus em termos absolutos. O Brasil é o segundo país mais castigado pela pandemia.


Categorias Relacionadas