Três pessoas são presas no Irã por tráfico de bebês no Instagram

Dez a quinze contas da rede social haviam compartilhado foto dos bebês que estavam sendo vendidos; um deles tinha apenas 20 dias de nascido

Fotografia de celular e rede social
Legenda: Bebês estavam sendo vendidos através do Instagram
Foto: Reprodução

A polícia iraniana prendeu três pessoas suspeitas de querer vender bebês através da rede social Instagram, informou nesta quarta-feira (24) a agência de notícias Isna.

"Três pessoas que queriam vender dois bebês foram detidas", disse o chefe da polícia de Teerã, Hossein Rahimi, segundo a agência.

Um dos bebês tinha 20 dias e o outro dois meses, informou.

A polícia havia sido alertada por "publicidade para vender bebês no Instagram". Entre 10 e 15 contas haviam compartilhado as fotos na rede social. 

Os traficantes pagariam entre 50 e 100 milhões de riais (algo entre R$ 1.300 a R$ 2.600) por cada bebê e tentariam transferi-los pelo equivalente a US$ 2.000 a US$ 2.500 (aproximadamente R$ 10.600 a R$ 13.300), disse Rahimi. 

Os bebês foram entregues a serviços sociais.